Arquivos de Tag: natal

Cookies da Phoebe (ou Nestlé Toll House Cookies)

English Version

Cookies da Phoebe

(Se você não sabe de onde veio o nome da receita, pare o que estiver fazendo e veja o episódio 3 da sétima temporada de Friends)

Para fecharmos a série de presentes comestíveis, nada melhor que os biscoitos da vó da Phoebe! 🙂 Fiquei com vontade de prová-los desde que vi o episódio, lá em 2000 e pouquinho. Depois que mudei pra cá, finalmente procurei e fiz a receita. Na verdade, já fiz esses biscoitos tantas vezes que tive que pesquisar nos arquivos do blog, porque não acreditava que ainda não tinha postado! 😀

E o mais importante: ainda dá tempo de fazer! Esqueceu de comprar uma lembrancinha pra alguém?  Cookies da Phoebe. Seus filhos querem deixar biscoitos pro Papai Noel? Esses são mais gostosos do que os comprados! 😀

Eu tinha pensado em seguir a receita original à risca para fazer as fotos, mas acabei fazendo uma alteração mínima: troquei meia xícara de gotas de chocolate por meia xícara de nozes picadas, porque piquei mais do que o necessário! 😀

Cookies da Phoebe

Para fazer os biscoitos, você vai precisar de

200 g de manteiga em temperatura ambiente

3/4 xícara de açúcar

3/4 xícara de açúcar mascavo

1 colher (chá) de baunilha

2 ovos

2 1/4 xícaras de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento em pó

1 colher (chá) de sal

2 xícaras de gotas de chocolate – Se você não encontrar gotas que sejam de verdade (porque ninguém merece chocolate com gordura hidrogenada, eca), use chocolate em barra picado! Eu usei 1 1/2 de mini-gotas de chocolate 50%

1 xícara de nozes picadas (meça, depois pique) – como já falei, usei 1 1/2 xícara

Na batedeira (se for planetária, use o batedor em formato de pá), bata a manteiga e o açúcar por mais ou menos três minutos, até ficar cremoso. Acrescente a baunilha e os ovos, um a um, e bata mais um pouco.

Em uma tigela, misture a farinha de trigo, o fermento e o sal com um fuê. Despeje essa mistura aos poucos. A receita original falava para continuar usando a batedeira para misturar, mas eu prefiro misturar a farinha com uma espátula de silicone, para não trabalhar demais a massa. É preciso um pouco de muque, mas eu prefiro! 😀

Quando você não enxergar mais pontinhos brancos de farinha, é hora de acrescentar as gotas de chocolate e as nozes. Misture bem com uma espátula de silicone.

Como eu ainda não comprei isso, tive que modelar os biscoitos na mão mesmo. O que eu sugiro: sente na frente da TV/computador, coloque um episódio e mande bala, porque demora! 😀 A receita original fala em fazer bolinhas de mais ou menos uma colher de sopa. Eu achei muito grande, então fiz bolinhas de mais ou menos meia colher de sopa.

Coloque as bolinhas em uma assadeira forrada com papel manteiga, deixando uns 2 cm de espaço entre elas. Leve para assar em forno preaquecido por mais ou menos 15 minutos. Com cuidado, remova os biscoitos e deixe esfriar em uma gradinha. Quando os biscoitos estiverem BEM frios (algumas horas depois!), coloque-os em uma caixinha bonita ou em um vidro tampado e presenteie! 🙂

Dica: Se você for assar mais de uma fornada na mesma assadeira, “esfrie” a assadeira antes de colocar a próxima leva, para que os biscoitos não esparramem muito no forno. O que eu faço é retirar os biscoitos assados (e o papel manteiga, né) e jogar água fria, da torneira mesmo, até que eu consiga pegar a assadeira com as mãos. Seco, coloco o papel manteiga, os biscoitos e forno de novo!

Freezer: Se não for assar todos os biscoitos no mesmo dia, congele as bolinhas em uma assadeira e depois transfira para um saquinho tipo ziploc. Essas bolinhas duram até 3 meses no freezer. Para assar, é só colocar direto no forno e deixar assar por mais alguns minutinhos, super prático!

Anúncios

Barrinhas de limão siciliano

English Version

Barrinhas de Limão

A segunda receita das Tertúlias de Natal não é uma receita natalina propriamente dita, mas combina demais com o calor dessa época do ano! Como a ideia é fazer presentes comestíveis, basta colocar numa caixinha verde/vermelha e pronto! NATAL! 😀 Além disso, elas são uma ótima ideia de sobremesa para a ceia – ok, sua tia vai fazer o pudim, mas você pode levar as barrinhas!

As lemon bars são provavelmente a receita doce favorita do Sky: comecei a fazê-las porque ele ficava “ah, não sei o quê é bom, mas você podia fazer lemon bars”…  Ainda bem que ele insistiu, porque é muito gostoso mesmo! Já testei várias receitas,  mas essa, da Ree Drummond, é a mais tradicional.

Para encher uma forma de 20 x 30 cm com barrinhas de limão <3, você vai precisar de

Massa

2 xícaras de farinha

1/2 xícara de açúcar

1/4 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de baunilha – invenção da minha cabeça, como diria minha vó

225 g de manteiga, gelada e cortada em cubinhos

Recheio

1 e 1/2 xícara de açúcar

1/4 de xícara de farinha de trigo

4 ovos

Raspas e suco de 5 limões sicilianos

Açúcar de confeiteiro para fazer uma firulinha depois

Barrinhas de Limão

Comece forrando a assadeira com papel alumínio, para facilitar na hora de tirar da forma/servir. Não precisa untar, porque vai bastante manteiga na massa! 🙂

Para fazer a massa: em uma tigela média, misture a farinha, o açúcar e o sal com um fuê. Acrescente a manteiga e a baunilha e amasse com a ponta dos dedos até formar uma farofinha úmida. Aperte essa massa na assadeira e leve ao forno preaquecido por mais ou menos 20 minutos, ou até que as bordas comecem a ficar douradinhas. Não deixe passar disso, porque a barrinha vai voltar ao forno! 🙂

Enquanto a massa está no forno, prepare o recheio – misture o açúcar e a farinha de trigo com um fuê. Adicione os ovos, batendo bem, e então acrescente as raspas e o suco de limão. Misture bem e reserve. Como esse processo leva uns 3 minutos, aproveite pra lavar a louça. 😀

Retire a massa do forno, despeje cuidadosamente o recheio e volte ao forno por mais 15-20 minutos, ou até que o recheio esteja firme. Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de levar à geladeira por umas 2 horas – fica bem mais fácil cortar quando elas estão frias!

Remova as barrinhas já frias da assadeira com a ajuda do papel alumínio. Para uma firulinha extra, peneire uma camada generosa de açúcar de confeiteiro sobre as barrinhas. Corte em quadradinhos de mais ou menos 5 cm. Coloque-as em uma caixinha fofa (se for empilhar, separe as camadas com um pedaço de papel manteiga) e presenteie!

Fudge de Chocolate e Nozes

English Version

Para abrirmos a série de receitas de Natal, também conhecida como presentes de comer, resolvi fazer uma receita que sempre morri de curiosidade. Quando era criança, alguns livros que lia falavam que não sei quem tinha feito fudge para o Natal e, claro, Honeydukes vendia Fudge Flies! (fim do momento #Potterhead)

Li inúmeras receitas de fudge: umas mais complicadas, que exigiam termômetro e muita paciência, e umas mais simples. Lógico que escolhi a mais simples, a da Patricia Scarpin! Escrevendo este post, descobri que adaptei involuntariamente a receita – li errado na hora de fazer e coloquei só meia xícara de leite condensado em vez de meia lata! 😀

Essa receita é ÓTIMA para dar de presente, porque é diferente, aguenta bem fora da geladeira, é uma delícia e…. é muito fácil de fazer! Bem menos estressante do que tentar entrar em um shopping a essa altura do campeonato!

Para fazer a receita que eu fiz, você vai precisar de:

1/2 xícara de leite condensado

330 g de chocolate meio amargo, picado – como a receita é praticamente só chocolate, escolha um chocolate bom! Aqui encontrei um chocolate belga maravilhoso, 64% cacau, que já vem nessas pastilhas – e sai mais barato do que comprar em barra!

1 colher (sopa) de água

1 colher (chá) de extrato de baunilha – usei mais porque meu extrato caseiro ainda está novo, não está muito forte.

Nozes picadas a gosto – totalmente opcional. Você pode substituir por avelãs, amêndoas, confeitos… ou não usar.

Fudge de Chocolate

Comece forrando uma assadeira de 20 x 20 cm com papel alumínio/papel manteiga, só para facilitar na hora de tirar. Eu costumo deixar umas “alças”, fica ainda mais fácil!

Pique o chocolate em pedaços pequenos – se estiver usando chocolate em pastilhas, nem precisa picar. Em uma panela de fundo grosso, coloque o chocolate, o leite condensado e a água. Cozinhe em fogo baixo, misturando sem parar, até que o chocolate derreta completamente.

Quando o chocolate estiver derretido, você vai notar que o fudge está em uma consistência diferente, mais durinha do que um brigadeiro. É isso mesmo. Misture a baunilha, transfira para a forma e alise a massa.

Despeje as nozes sobre o fudge, pressionando levemente para que “grude” – fiz uma vez sem pressionar e as nozes caíram quando o fudge esfriou #fail. Cubra com plástico-filme e leve à geladeira por umas duas horas, até firmar bem.

Retire da forma com o auxílio das alças e corte em quadradinhos pequenos! Ele dura até uma semana na geladeira, em tese. Aqui, durou mais ou menos umas três horas… 😀

Biscoitos com Gotas de Chocolate

Slice and Bake Choco Chip

Continuando a série de biscoitos de Natal, que tal uns biscoitos com gotas de chocolate, só que no formato fácil “fatie-e-asse”? E que você até pode usar a batedeira, mas nem precisa? Se a sua manteiga já estiver meio amolecida (o que é bem fácil nesse calor!), só precisa sujar uma tigela e uma espátula. 🙂

A receita veio do La Cucinetta. Lá, ela sugere dar o rolinho de presente – antes de assar, pra pessoa fazer quando bem entender. Achei a ideia ótima, especialmente pra quando a gente vai visitar alguém que acabou de se mudar, de ter um bebê, etc.

Pra variar, eu adaptei o modo de preparo. E coloquei mais chocolate.

Você vai precisar de:

1 1/3 xícaras de farinha de trigo

1/2 colher (chá) bicarbonato de sódio

1/4 colher (chá) sal

115 g de manteiga sem sal, amolecida (em consistência de pomada)

½ xícara de açúcar

1/3 xícara de açúcar mascavo, bem apertado na xícara

1 ovo grande

2 colheres (chá) essência de baunilha

3/4 xícara de chá de chocolate amargo picado – o normal seria usar gotas de chocolate, mas aqui só encontro aquelas gotas cheias de gordura hidrogenada, ECA!

Não usei, mas acho que super combinaria colocar ½ colher (chá) de noz moscada ralada na hora. Ou de canela. Ou de pimenta da Jamaica.

E, claro, você pode colocar nozes picadas. ½ xícara, talvez!

 

Em uma tigela, coloque a manteiga amolecida e os açúcares. Com a espátula, misture bem até que esteja homogêneo. Se a manteiga estiver em consistência de pomada, este processo é bem rapidinho. Senão…. melhor ir de batedeira mesmo!

Adicione o ovo e a baunilha e misture, raspando a tigela para misturar melhor. Adicione a farinha e, com a mão mesmo, amasse delicadamente até incorporar. Sugiro usar uma mão só, pra diminuir a zona na cozinha 😀

Acrescente o chocolate picado e misture um pouco mais.

Como todas as outras receitas do tipo fatie-e-asse, divida a massa em duas partes. Despeje uma metade sobre uma folha de papel manteiga e faça um rolinho bem ajeitadinho. Como esta massa é um pouco mais grudenta do que as outras que já fizemos, achei melhor colocar um NADINHA de farinha no papel manteiga, para ajudar a enrolar. Deu certo.

Eu não tinha nenhum rolo de papel toalha vazio em casa, mas se você tiver, melhor: coloque o rolinho de massa dentro do rolo de papel toalha vazio, para que ele mantenha a forma cilíndrica, e leve à geladeira por 8 horas – eu deixei no freezer por duas, me julguem. Se não for assá-los todos no mesmo dia, é legal enrolar os rolinhos em papel alumínio ou plástico filme, para formar uma segunda camada de proteção.

Slice and Bake Choco Chip

Tire o rolinho do freezer. Com uma faca bem afiada, corte rodelas de mais ou menos 0,5 cm. Vai ser mais chatinho de cortar do que os biscoitos deste tipo que já fizemos, por causa dos pedaços de chocolate, mas não tem estresse. Coloque em uma assadeira forrada com silpat ou papel manteiga.

Asse, em forno preaquecido, por 12-14 minutos, ou até dourar. Eles ainda estarão meio molinhos. Deixe esfriar por 5 minutos na assadeira e transfira para uma gradinha, para que eles esfriem completamente. Aí é só colocar em uma caixinha fofa e presentear!

Biscoitos de Maple e Noz-Moscada

Biscoitos de Maple e Noz Moscada

Quando vi esta receita no Smitten Kitchen tive um mini siricotico e pinei na hora. Sabia que ia fazer pro Natal, mas ainda era outubro! Originalmente, estes seriam biscoitos tradicionais, abertos e cortados com cortadores bonitinhos – vejam as fotos lindas no blog dela! Mas eu realmente não sei como alguém tem tempo/saco para fazer isso em dezembro!

Sei que xarope de bordo não é fácil de achar, nem barato – o meu vem na mala do Sky quando ele visita a família, ou na mala da família dele quando vêm pra cá. Usamos com muuuuuita parcimônia, porque é muito raro! E toda vez que uma receita pede este ingrediente, eu penso 100 vezes antes de fazer.

Então deixa eu dizer uma coisa: VALE. A. PENA. Vale a pena pagar uma fortuninha neste ingrediente, vale a pena usar o restinho dele que você estava economizando, vale. Eles são sensacionais – talvez os biscoitinhos mais gostosos desta série! O sabor do xarope é claramente perceptível no biscoito e … fica na boca, sabe? Um espetáculo.

1 xícara (226 g) de manteiga em temperatura ambiente

1 xícara (200 g) de açúcar

½ xícara (118 ml) de xarope de bordo (maple syrup) puro – como sempre, deve ser possível substituir por melaço de cana, mas o sabor é diferente. Não compre aqueles que são 10% maple syrup (90% xarope de milho), não vale a pena, porque o gosto não vai ser perceptível no biscoito pronto.

1 gema

3 xícaras (375 g) de farinha de trigo

½ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora (ou ¼ de colher de chá de noz moscada já moída)

1 colher (chá) de sal

a batedeira, bata o açúcar e a manteiga até obter um creme fofo e claro. Com ela ligada, adicione a gema e despeje o xarope de bordo lentamente. Desligue a batedeira.

Ao ler a receita original, amei o fato de que ela não manda peneirar os ingredientes secos, mas segue o truque (que aprendi com o Chef John do Foodwishes.com) de misturar tudo muito bem com um batedor de arame! Muito mais fácil!

Em uma tigela, misture a farinha, a noz-moscada e o sal. Despeje esta mistura sobre a massa da batedeira e, com uma espátula, amasse até que esteja homogêneo e você não veja a farinha.

Vocês vão reparar que sim, esta parte é igual em todas as receitas do tipo fatie-e-asse!  Divida a massa em duas partes. Despeje uma metade sobre uma folha de papel manteiga e faça um rolinho bem ajeitadinho. Eu não tinha nenhum rolo de papel toalha vazio em casa, mas se você tiver, melhor: coloque o rolinho de massa dentro do rolo de papel toalha vazio, para que ele mantenha a forma cilíndrica, e leve ao freezer por duas horas. Se não for assá-los todos no mesmo dia, é legal enrolar os rolinhos em papel alumínio ou plástico filme, para formar uma segunda camada de proteção. Em tese, eles duram um mês no freezer.

Tire o rolinho do freezer. Se você for uma pessoa mais organizada do que eu, deixe na geladeira por algumas horas, deve ficar mais fácil de fatiar. Digo “deve” porque nunca fiz isso! 😀 Com uma faca bem afiada, corte rodelas de mais ou menos 0,5 cm e coloque em uma assadeira forrada com silpat ou papel manteiga.

Biscoitos de Maple e Noz Moscada

Asse, em forno preaquecido, por 8-10 minutos, ou até dourar levemente nas bordas. Transfira para uma gradinha, para que eles esfriem completamente. Eles duram alguns dias em um pote bem fechado. Ou 20 minutos na minha casa. O que acontecer primeiro. 😀

Biscoitos de Gengibre e Mel

Biscoitos de Gengibre e Mel

Para começar nossa série de biscoitos de Natal, nada melhor que estes delicados biscoitos de gengibre e mel! Eles são muito gostosos (não vou fazer só no Natal!) e, para melhorar, são muito fáceis.

A receita veio do sempre lindo Moldando Afeto. Aliás, corram lá pra ver esta receita lindamente ilustrada por ele! ♥

Lá, ele cortou em círculos com um cortador e polvilhou com açúcar antes de assar (acho). Como a minha ideia era fazer algo mais prático pra lidar com a correria de fim de ano, só fiz o rolinho tradicional da técnica de “fatiar-e-assar”, fatiei e… assei 😛

Você vai precisar de
450 g de farinha de trigo
110 g de açúcar mascavo
150 ml de mel
90 g de manteiga amolecida (em consistência de pomada)
2 ovos
1 colher (sopa) rasa de gengibre fresco ralado – da próxima vez, vou colocar mais. Achei bem suave, mas isso é porque eu sou a louca do gengibre. 😀
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal

Em uma tigela que caibam todos os ingredientes, misture bem a manteiga com o açúcar – ele sugere usar um batedor de arame, mas eu tentei e não achei que deu muito certo, então fui pra espátula de silicone mesmo 😀 Quando eles estiverem bem incorporados, junte os ovos, batendo bem, e acrescente o mel e o gengibre. Misture bem para incorporar e coloque o fouet de molho, porque já não vamos mais precisar dele.

Acrescente o fermento e o sal, dê uma misturadinha pra incorporar e então coloque toda a farinha. Com a mão, misture bem, mas não em excesso: quando não enxergar mais pontinhos brancos de farinha, já está pronto. Resista à tentação de continuar brincando com a massa!

Divida a massa em duas partes. Despeje uma metade sobre uma folha de papel manteiga e faça um rolinho bem ajeitadinho. Repita o processo com a outra metade. Eu não tinha nenhum rolo de papel toalha vazio em casa, mas se você tiver, melhor: coloque o rolinho de massa dentro do rolo de papel toalha vazio, para que ele mantenha a forma cilíndrica, e leve ao freezer por duas horas. Se não for assá-los todos no mesmo dia, é legal enrolar os rolinhos em papel alumínio ou plástico filme, para formar uma segunda camada de proteção.

Tire o rolinho do freezer. O certo seria descongelar por algumas horas na geladeira, mas quem é que vai ter saco pra isso? Com uma faca bem afiada, corte rodelas de mais ou menos 0,5 cm e coloque em uma assadeira forrada com silpat ou papel manteiga.

Biscoitos de Gengibre e Mel

Asse, em forno preaquecido, por 8-12 minutos, ou até dourar levemente nas bordas. Transfira para uma gradinha, para que eles esfriem completamente. Daí é só colocar em um saquinho bonito e presentear!

Shortbread Cookies

Shortbread Cookies Quando fui pra Inglaterra, um elemento indispensável nos piqueniques no quarto eram os Shortbread Cookies da Walkers. Compramos no primeiro dia e eu viciei. Melhor coisa do mundo! Tentei algumas vezes reproduzir a receita, mas nunca ficava igual.

Estes também não ficaram iguais, mas ficaram TÃO gostosos que não podia deixar de postar aqui no TFF! A receita do Chef John levava alecrim fresco, mas eu não tinha e fiz só o shortbread mesmo!

Esse biscoito é 50% manteiga. 50% manteiga = amor. 50% margarina = desespero, nojo, blearght. Ou seja: não substitua, pelamor.

Você vai precisar de:

225 g de manteiga sem sal, gelada, cortada em cubinhos

½ xícara de açúcar

½ colher (chá) de sal

1 colher (chá) de extrato de baunilha

2 ¼ xícaras de farinha de trigo.

Em uma tigela, coloque a manteiga, o açúcar, o sal e a baunilha. Pegue uma espátula, prepare seu muque e……. amasse. Vai demorar um pouquinho pra dar certo, e você vai ficar com raiva de mim, dizendo “não era melhor usar manteiga em temperatura ambiente?”. Olha…. eu fiquei pensando a mesma coisa. Mas o Chef John disse que era melhor usar a manteiga gelada, porque forma uma massa melhor. Como ele está sempre certo (♥), eu não desobedeci!

Acrescente a farinha de trigo de uma só vez. Comece misturando com uma mão até incorporar, depois use ambas as mãos (as pontas dos seus dedos, na verdade) para esmigalhar os pedacinhos de manteiga na farinha. Mais ou menos como fizemos na receita de empada!  Como na receita de empada, o que você vai conseguir é uma farofa úmida. Não se desespere: o rolo de massa (ou o copo, ou a garrafa de cerveja) tá aí pra isso!

Transfira a massa para uma superfície de trabalho – eu usei uma tábua, mas só coube metade da massa por vez. Forme um disco, cubra com papel filme e abra a massa até mais ou menos 1 cm de espessura. Corte um retângulo dessa massa aberta. Reserve as aparas – vamos usá-las depois, basta reabrir a massa. Corte os biscoitos como desejar. Transfira-os para uma assadeira forrada com papel manteiga ou silpat, deixando uns 2 cm de espaço entre eles.

Shortbread Cookies

Fure os biscoitos com o garfo e polvilhe cada um com uma pitada generosa de açúcar. Leve ao forno pré-aquecido por mais ou menos 30 minutos, ou até eles ficarem levemente dourados embaixo. Transfira CUIDADOSAMENTE para uma gradinha e (se possível) espere esfriar.

Diz a lenda que duram cinco dias em um tapaué ou outro recipiente fechado. Aqui, obviamente, não foi possível verificar 😀

Biscoitos de Chocolate com Crosta de Açúcar

Biscoitos de Chocolate com Crosta de Açúcar

A Páscoa está chegando – você já reclamou do preço do ovo no Facebook? 😀

Mimimis à parte, a questão persiste: como presentear sem gastar os tubos? A resposta é simples: com algo gostoso feito em casa! Você pode fazer brownies ou você pode fazer estes biscoitos maravilhosos! De qualquer maneira, vai ser: 1) mais barato; 2) mais gostoso; 3) mais carinhoso do que qualquer ovo industrializado! 🙂

Estes foram os biscoitos mais bonitos e mais gostosos que já fiz! O açúcar de confeiteiro dá aquela textura de “derreter na boca”, mas não deixa os biscoitos muito doces. Mesmo com a casquinha de açúcar! Como (quase) sempre, você pode ver a versão profissa da receita na Technicolor Kitchen.

1 ¾ xícaras de farinha de trigo
½ xícara de cacau em pó sem açúcar (veja bem, não é Nescau, não é chocolate dos padres, é cacau mesmo :D)
1 pitada de sal
140g de manteiga sem sal, cortada em cubos
¾ xícara + 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro (tem que ser de confeiteiro, nem invente)
2 colheres (sopa) de leite gelado
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Para a crosta (opcional, mas altamente recomendável)
1 clara de ovo
Açúcar cristal

Esta receita, além de ser maravilhosa, tem um detalhe ótimo: o processador faz tudo por você. “Mas, Ana, eu não tenho processador”. Não tem problema, vai na mão mesmo! 🙂

Misture a farinha, o cacau e o sal. Junte a manteiga e pulse no processador até obter uma farofa grossa. Se não tiver processador, faça como fizemos na receita de empadinha: esmague a manteiga com a ponta dos dedos, até obter a farofinha!

Acrescente o açúcar de confeiteiro, o leite e a baunilha e processe (ou amasse) até conseguir uma massa firme. Divida a massa ao meio e enrole cada metade em uma folha de papel manteiga, formando um cilindro, e leve à geladeira por quatro horas. Eu segui a dica de colocar o cilindro dentro de um rolo de papel toalha, pra manter o formato redondinho.

Biscoitos de Chocolate com Crosta de Açúcar

Depois das intermináveis quatro horas, desembrulhe um dos cilindros de massa (o outro fica na geladeira por enquanto), passe-o na clara e no açúcar cristal, pressionando para que ele “grude”. Fatie o cilindro (em fatias médias) e coloque-os sobre uma assadeira forrada com papel manteiga ou silpat.

Asse em forno preaquecido por 20 minutos – eles devem estar firmes ao sair do forno, mas não SECOS. Deixe esfriar, de preferência em uma gradinha. Se for presentear, espere pelo menos 4 horas antes de colocar no saquinho/pote, para que eles não amoleçam.

Biscoitos de Chocolate com Crosta de Açúcar

Você pode repetir o processo com o outro cilindro de massa, ou você pode congelar por até três meses. Passe uma camada de plástico filme sobre o papel manteiga, para garantir que fique bem vedadinho. Quando você quiser, é só descongelar o cilindro na geladeira por algumas horas, passar na clara + açúcar, fatiar e assar!

Biscoitos de Mel (ou de Geleia)

Biscoitos de Mel

Estava eu de bobeira no Facebook um dia desses quando me deparei com essa foto. O siricotico que me bateu foi algo fora do comum!

Pinei a receita na hora, o que geralmente acalma o siricotico, mas a verdade é não sosseguei até fazer! Por algum motivo imbecil, no dia só fiz metade da receita. Erro crucial, já que os biscoitinhos desapareceram e eu mal consegui salvar dois para tirar a foto do post!

A receita inteira, da Technicolor Kitchen:
180 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
200 g de açúcar
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ovo
375 g (ou 2 ¾ xícara) de farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó

Mel para preencher os biscoitinhos (ela falava em ¼ de xícara, não sei se vai isso tudo)

Silpat ou papel-manteiga para assar

Bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até formar um creme claro. Adicione o ovo e bata bem. Acrescente a farinha e o fermento e misture bem até formar uma massa lisa.

Faça bolinhas do tamanho de um brigadeiro de festa. Coloque-os em uma assadeira forrada com papel manteiga, deixando uma distância de 2 dedos entre eles – não deixe-os muito juntinhos, já que eles irão esparramar um pouquinho durante o cozimento.

Leve para assar em forno pré-aquecido por 10 minutos.

“Eeeeerrr………. Ana, cadê o mel?”. Calma, a gente não esqueceu dele!

Passados 10 minutos, retire a assadeira do forno (mas não o apague!). Com a ponta de uma colher de pau, faça um buraquinho que NÃO atravesse o biscoito! Só uma cavidadezinha mesmo. Coloque ¼ colher de sopa de mel em cada buraquinho, com cuidado para não melecar muito. Leve de volta ao forno por 6 minutos, para terminar de assar.

Biscoitos de Mel

Com o cuidado que você teria para manusear uma bomba atômica, use uma escumadeira/espátula para retirar cada biscoitinho da forma – eles ainda estarão um pouquinho molengas. Deixe esfriar por mais ou menos uma hora e pronto!

Como variação, você pode rechear os biscoitinhos com geleia. Ficou gostoso também, mas com mel ficou melhor!

Biscotti de Amêndoas

1

Deixa eu ver se eu adivinho. Você esqueceu de comprar uma lembrancinha pra namorada do amigo do seu primo que vai pra ceia de Natal na sua casa. Ou pro porteiro do seu prédio. Ou pros colegas de trabalho. Não há santo que seja obrigado a encarar lojas nessa altura do campeonato. O que fazer?

A resposta é muito simples: asse biscotti, embrulhe-os em uma sacolinha bacana e pronto! Esses biscoitinhos duros são perfeitos para tomar com café (se você mergulhar o biscoito no café a gente jura que não conta pra ninguém) e que tipo de gente não gosta de um presentinho feito à mão?

Para fazer essas delícias, você vai precisar de:
85 g (ou 7 colheres de sopa, segundo a calculadora do CyberCook) de manteiga
200 g (1 ½ xícaras) de açúcar
1 ovo
2 gemas
Raspas de 1 limão
1 colher (chá) de essência de baunilha
300 g (2 ½ xícaras) de farinha
1 pitada de sal
1 colher (chá) de fermento em pó
120 g de amêndoas picadas grosseiramente – não gosta de amêndoas? Não tem problema! Qualquer outra oleaginosa funciona, ou substitua por …. chocolate.

Bata a manteiga com o açúcar rapidinho, só até incorporar. Aquele ponto de “farofinha”, sabe? Adicione o ovo, as gemas, a baunilha e as raspas de limão. Bata até obter um creme liso. Adicione a farinha, o fermento e o sal, misturando bem. Adicione as nozes picadas e misture (com a mão mesmo) só até obter uma massa coesa.
Faça um rolo, coloque em uma forma untada e asse em forno médio por 20 minutos. Tire o rolo do forno e deixe esfriar por uns 15 minutos – eu esqueci completamente desse passo e meus biscotti ficaram meio tortinhos, o que não alterou em nada o sabor. Os seus vão ficar mais bonitinhos, porque você não vai esquecer! 😀

Collages

Quando estiver meio frio, corte em rodelas de mais ou menos 2 cm de espessura. Coloque as rodelas de lado em uma assadeira. Asse por dez minutos, vire os biscotti, e asse por mais 10 minutos do outro lado.
Deixe esfriar bem, se possível em uma gradinha. Quando estiverem bem frios, coloque em um saquinho bonitinho e presenteie! Você pode também guardar em um tapaué por até duas semanas, mas eu DU-VI-DO que eles durem esse tempo todo! 😀