Arquivos de Tag: geleia

Camarão Empanado com Coco

English Version

Camarão Empanado Com Coco

Opa, pulamos uma semana! Mas na correria da festa de formatura da Gabi (que foi na quinta, mas nós festejamos na sexta e no sábado também! Hahahah!), não deu mesmo pra postar! Para compensar, hoje continuamos as Tertúlias do Mar com uma receita bem fácil e diferente, ótima para um happy hour!

A primeira vez que comi isso foi no único buffet de comida chinesa que conheço no Uruguai – e pensar que no Brasil tem um restaurante de comida chinesa em cada esquina, snif! A versão mais tradicional é a frita por imersão, mas resolvi fazer de uma forma menos chutação de balde e achei que ficou mais gostoso do que o original!

Você vai precisar de:

400 g de camarão limpo
1/3 de xícara de maisena
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de pimenta caiena – você pode trocar por páprica, se preferir menos picante
2 xícaras de coco ralado – aqui usei o coco ralado normal, porque é só o que tem. Se você encontrar coco ralado em flocos não adoçados, vai ficar mais bonito!
3 claras

Para o molhinho:
Geleia de laranja, daquelas sem açúcar

Camarão Empanado Com Coco

Eu já disse que essa receita é muito fácil?

Comece preparando uma assadeira: pegue a assadeira e unte com azeite. Fim da preparação! 😀

Tempere a maisena com sal e a pimenta caiena. Coloque em um prato e reserve. Bata as claras rapidamente com um garfo e coloque em outro prato. Reserve. Coloque todo o coco em um terceiro prato e, adivinhe? Reserve também. 😀

Agora é só montar a linha de produção: pegue um camarão, passe na maisena, depois nas claras e por fim no coco. Coloque-o na assadeira e repita o processo até acabar! Como 400 g é bastante camarão, recomendo empanar vendo uma série, sabe como é. 😀

Leve para assar em forno preaquecido por 7 minutos. Quando der o tempo, retire a assadeira do forno, vire os camarões para que eles dourem do outro lado e asse por mais 7 minutos.

Enquanto o camarão assa, faça o molhinho: em uma panelinha, dissolva a geleia com algumas colheres de de água, para que ela amoleça. Quando levantar fervura, desligue o fogo. Coloque em um potinho fofo e sirva!

Muffins de Canela tipo Donuts

Muffins de Canela tipo Donuts

Um dia desses, entrei no pinterest pra ver uma receita que tinha pinado, pensando no almoço. Mas, logo na página inicial, bem na frente, sabe, apareceram esses muffins de canela, recheados com geleia e cobertos com açúcar e canela. Foi mais forte do que eu: tive que abrir a receita, ver como era fácil, levantar da cadeira e fazer.

Ainda bem que a receita rende só nove muffins.

 

Você vai precisar de

1 ¾ xícaras de farinha de trigo

1 ½ colheres (chá) de fermento para bolo

½ colher (chá) de sal

½ colher (chá) de noz-moscada ralada – eu ralei UM TANTO na hora e essa foi a medida.

¼ de colher (chá) de canela

¾ de xícara de açúcar

1/3 de xícara de óleo

1 ovo

¾ de xícara de leite

geleia – usei uma de morango. A minha era meio líquida, acho que ficaria mais fácil com uma geleia mais consistente

 

Para a cobertura, você vai precisar de

¼ de xícara de manteiga

1/3 de xícara de açúcar

1 colher (chá) de canela

Muffins de Canela tipo Donuts

Prepare uma forma de cupcake (ou forminhas de empada): você pode untar bem ou só colocar as forminhas de papel mesmo!

Em uma tigela grande, misture bem com o batedor de arame a farinha, o fermento, o sal, a canela e a noz-moscada. Em uma tigelinha, misture o açúcar, o óleo, o ovo e o leite.

Agora é só pegar uma espátula de silicione e misturar os secos com os líquidos, mas atenção: muffin não é bolo. A massa deve ser misturada só até você não ver mais pedacinhos de farinha. Ela fica meio empelotadinha mesmo, não se estresse. Aliás, vai parecer mais massa de pão do que de bolo!

Encha metade das forminhas e coloque uma colher de chá de geleia bem no centro. Agora vem a parte mais chatinha, que é cobrir a geleia com mais massa. Tente o máximo possível encher as forminhas só até ¾ da capacidade: eu enchi mais do que isso e alguns meio que transbordaram, não ficaram tão bonitos.

Leve para assar em forno preaquecido por mais ou menos 20 minutos. Faça o teste do palito, mas seja esperto e espete nos ladinhos, pra não vir geleia 😀

Enquanto assa, derreta a manteiga da cobertura e misture o açúcar e canela. Deixe tudo prontinho, porque precisa ser jogo rápido. Aproveite pra passar um café. Sério.

Muffins de Canela tipo Donuts

Assim que tirar do forno, remova-os da forma, mergulhe a parte de cima dos muffins na manteiga derretida e depois na mistura de açúcar e canela, tentando cobrir bem.

Em tese, você pode servir morno ou em temperatura ambiente. Mas o certo, certo mesmo, é comer eles morninhos com o café que você acabou de passar! 🙂

 

Cheesecake Romeu e Julieta

Cheesecake Romeu e Julieta

Antes de chegar para me visitar, a Lê (também conhecida como a irmã do Laudinho, que por sua vez é conhecido como meu pai) me mandou um whatsapp assim: “quero te explorar, pode?”. Eu imediatamente pensei o óbvio: “lá vem”. E vinha mesmo: “faz cheesecake? 😀 ”.

Acho que a penúltima vez que fiz essa receita foi antes de mudar pra cá! Tinha me esquecido do quanto ela era fácil! Quem nos ensinou a fazer foi a Simone, uma amiga da mamãe.

Para completar, encontrei um restinho de goiabada cascão no freezer – derreti para fazer a cobertura (daí o nome da receita) e ficou FABULOSO! Se você não tiver goiabada, não se desespere: use sua geleia favorita.

Para a massa, você vai precisar de:

200 g de biscoito maisena
100 g de manteiga derretida

Para o recheio:

1 pacote de gelatina em pó incolor e sem sabor (12 g)
½ xícara de água para hidratar a gelatina
Mais ou menos 400 g de ricota
1 caixinha de creme de leite
1 lata de leite condensado
Raspas de 1 limão
Suco de 1 limão

Para a cobertura, basta um vidro de geleia da sua preferência (as vermelhas ficam mais bonitas). Ou você pode usar pedaços de goiabada cascão (eu fui no olho, mas era um pedaço de mais ou menos 10 x 10 cm)

A massa é aquela coisa básica de sempre: bata o biscoito no liquidificador até formar um pó. Quebrar bem o biscoito antes ajuda muito na tarefa, mas eu sempre esqueço disso e sofro. Coloque numa vasilha junto com a manteiga derretida e misture com o garfo, formando uma farofa.

Se você tiver uma assadeira de fundo removível, melhor. Eu não tenho, então fui no pirex mesmo! Espalhe a farofinha apenas sobre o fundo da assadeira/pirex/etc, alisando bem. Leve ao forno por uns 10 minutos e reserve.

Enquanto a base esfria, prepare o recheio. A receita original diz para hidratar a gelatina com água e dissolver em banho-maria. Isso é o certo. Eu fui tosquinha e derramei água fervente sobre a gelatina, mexendo bem. Não deu lá muito certo não… 😀

Quando a gelatina estiver dissolvida, bata todos os ingredientes do liquidificador até obter um creme liso e com algumas bolhinhas. Despeje este creme sobre a base já fria. Leve à geladeira até endurecer, o que deve levar umas duas ou três horas.

Enquanto o creme gela, se você estiver usando goiabada cascão, é hora de cortá-la em cubinhos e levar a uma panela com um pouquinho de água em fogo baixo. A ideia é derreter a goiabada até que ela chegue em uma consistência de… geleia, óbvio! 😀 Deixe a goiabada esfriar bem antes de colocar sobre o creme.

Se for usar geleia, acrescente umas duas colheres de água ao pote, só para amolecer um pouquinho, e espalhe sobre o creme.

Coloque o cheesecake na geladeira para endurecer a cobertura (mais ou menos uma hora) e sirva!

Biscoitos de Mel (ou de Geleia)

Biscoitos de Mel

Estava eu de bobeira no Facebook um dia desses quando me deparei com essa foto. O siricotico que me bateu foi algo fora do comum!

Pinei a receita na hora, o que geralmente acalma o siricotico, mas a verdade é não sosseguei até fazer! Por algum motivo imbecil, no dia só fiz metade da receita. Erro crucial, já que os biscoitinhos desapareceram e eu mal consegui salvar dois para tirar a foto do post!

A receita inteira, da Technicolor Kitchen:
180 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
200 g de açúcar
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ovo
375 g (ou 2 ¾ xícara) de farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó

Mel para preencher os biscoitinhos (ela falava em ¼ de xícara, não sei se vai isso tudo)

Silpat ou papel-manteiga para assar

Bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até formar um creme claro. Adicione o ovo e bata bem. Acrescente a farinha e o fermento e misture bem até formar uma massa lisa.

Faça bolinhas do tamanho de um brigadeiro de festa. Coloque-os em uma assadeira forrada com papel manteiga, deixando uma distância de 2 dedos entre eles – não deixe-os muito juntinhos, já que eles irão esparramar um pouquinho durante o cozimento.

Leve para assar em forno pré-aquecido por 10 minutos.

“Eeeeerrr………. Ana, cadê o mel?”. Calma, a gente não esqueceu dele!

Passados 10 minutos, retire a assadeira do forno (mas não o apague!). Com a ponta de uma colher de pau, faça um buraquinho que NÃO atravesse o biscoito! Só uma cavidadezinha mesmo. Coloque ¼ colher de sopa de mel em cada buraquinho, com cuidado para não melecar muito. Leve de volta ao forno por 6 minutos, para terminar de assar.

Biscoitos de Mel

Com o cuidado que você teria para manusear uma bomba atômica, use uma escumadeira/espátula para retirar cada biscoitinho da forma – eles ainda estarão um pouquinho molengas. Deixe esfriar por mais ou menos uma hora e pronto!

Como variação, você pode rechear os biscoitinhos com geleia. Ficou gostoso também, mas com mel ficou melhor!