Arquivos de Tag: fubá

Muffin Salgado de Fubá e Queijo

English version

Depois da pausa para a Olimpíada (já estamos com síndrome de abstinência!), é hora de uma nova série! Muffins, ou ainda “bora usar aquela forma de cupcake que compramos em 2011 e está esquecida desde então” 😀

Enquanto escolhia as receitas para a série, o Sky fez um pedido específico: um “cornbread”, mas com queijo. Fui procurar uma receita bacana e acabei achando essa, que fiz mais ou menos como ela mandava – usei muçarela porque era o que tinha em casa, esqueci de colocar ervinhas, o buttermilk era o caseiro mesmo, sabe como é.

Quando saiu do forno, Sky devorou uns três de uma vez. Eu comi um, achei gostoso, mas não me apaixonei. No dia seguinte, descongelei uma das sopas da série passada (a de cenouras!) e resolvi reaquecer os muffins. SUCESSO ABSOLUTO! Esse muffin foi o acompanhamento perfeito para a sopa!

Para fazer 12 muffins, você vai precisar de:

1 xícara de farinha de trigo

1 xícara de fubá

1/4 xícara de açúcar

1 colher (chá) de fermento químico (de bolo)

1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 colher (chá) de sal – se o seu queijo for muito salgado, use menos.

2 dentes de alho – aqui sou mais exagerada, usei 3 grandões

1 xícara de queijo ralado grosso – usei muçarela, mas qualquer queijo que derreta bem serve.

2 ovos

1 xícara de buttermilk – para fazer em casa, coloque uma colher (sopa) de suco de limão ou vinagre na xícara medidora, preencha com leite integral e deixe talhar por uns 10-15 minutos. Use tudo na receita.

100 g de manteiga, derretida

Muffin Salgado de Fubá e Queijo

A melhor coisa dos muffins é que eles costumam ser MUITO fáceis de fazer. Se você usar forminhas de papel, então, não tem nem que untar a forma!

Comece preparando o buttermilk. Enquanto isso, tire a forma de cupcake do armário, dê uma lavada porque eu sei que está empoeirada, seque e coloque as forminhas de papel.

Derreta a manteiga em uma panela que caiba todos os ingredientes, para diminuir a quantidade de louça ao final do projeto! 😀  Depois de derretida, espere esfriar um pouco, misture o buttermilk e os ovos. Reserve.

Em uma tigela separada, misture a farinha, o fubá, o açúcar, o fermento, o bicarbonato e o sal com um fuê. Acrescente o queijo ralado e misture. Despeje os secos sobre os líquidos e misture levemente com uma espátula – massa de muffin não deve ser batida muito, tá? Se bater muito ele fica duro! Misture só mesmo até não enxergar mais pontinhos de farinha.

Coloque a massa nas forminhas – encha só 3/4 de cada forminha, para não transbordar no forno. Aqui deu certinho 12 muffins. Asse em forno pré-aquecido por 20 minutos, mais ou menos, ou até que um palito espetado saia limpo.

Sirva morno, com uma sopa bem quentinha!

Para congelar, basta colocar em saquinhos tipo ziploc e fechar bem!

Bolo de Fubá com Goiabada

Bolo de Fubá com Goiabada

Tem dias que precisamos de coisas elaboradas, complexas. E tem dias que só precisamos de um bolo com cara de vó e um café passado na hora. Eu queria um bolo de vó, mas de vó mesmo.

Então liguei pra vovó e pedi uma receita de bolo de fubá. Ela, lógico, tinha CINCO (sério). Escolhi a menorzinha e fiz, acrescentando pedaços de uma preciosíssima goiabada cascão que a mamãe trouxe!

Ficou espetacular! Congelei metade pra não comer tudo de uma só vez, mas achei que não ficou tão legal depois de descongelado. Da próxima vez, serei menos gulosa e farei só meia receita 😀

2 ovos
2 xícaras de leite
1 xícara de óleo
1 ½ xícara de açúcar (eu sei que parece muito, mas o bolo não fica muito doce! Sério! Só quando você morde a goiabadinha mesmo!)
2 xícaras de fubá
2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento químico (aka “Pó Royal”)
Goiabada cascão cortada em pedacinhos – quantidade necessária para cobrir o bolo como fiz na foto.

Como todo bolo de vó, esse exige um pouquinho de muque. Mas não muito, porque o liquidificador tá aí pra ajudar 😀

Comece cortando a goiabada em cubinhos. É uma encheção fazer isso, porque ela vai grudando na faca e, a menos que você tenha um saco incrível, elas não vão ficar do mesmo tamanho. Não tem problema. Continue cortando e pense no bolo com café que você vai comer em uma hora, mais ou menos…. Aproveite também para untar uma forma – a minha tinha 20 x 30 cm e deu super certinho. E não esqueça de ligar o forno! 😀

Leve ao liqui os ovos, o leite, o óleo e o açúcar e bata bem. Despeje a mistura em uma tigela grande e acrescente o fubá aos poucos, misturando bem. Quando você tiver uma mistura homogênea, acrescente a farinha aos poucos. Quando tudo estiver misturado, acrescente o fermento (tem que ser por último mesmo, para que ele não comece a reagir!).

Despeje a massa na forma e alise bem. Coloque os pedacinhos de goiabada sobre o bolo, deixando um espaço PEQUENO entre eles. Quanto mais goiabada, mais feliz você será, obviamente.

Bolo de Fubá com Goiabada

Leve para assar por 30-40 minutos, dependendo do seu forno (no meu foram 35 minutos). Quando for fazer o teste do palito, seja esperto e não fure um pedaço com goiabada 😀

Ponha água para ferver. Retire o bolo do forno, espere uns cinco minutos e desenforme com cuidado. A água já deve ter fervido, então passe o café. Quando o café estiver pronto, sirva o bolo (que vai estar morninho) com uma caneca de café!

[Guest Post] Broa de Milho Transgênico*

[Guest Post] Broa de Milho

[Nota: Esta receita foi feita (e escrita) pela Anna e foi originalmente postada na página do Facebook.]

Broa é daquelas receitas que você já faz sentindo o cheiro do café pra acompanhar. Se você não gosta de broa, de café ou de milho transgênico, essa página não é pra você u.u

Nível de dificuldade: sua avó fazia na pré-escola.

Calorias: nós não acreditamos em calorias, essa é a verdade.

Tempo de preparo: eu gosto de fazer pro café da manhã, mas ainda assim leva uns 40 min pra ficar pronto. É uma broa (rá!) pro lanche da tarde também.

Ingredientes
Leite integral, ½ xícara (120ml)
Açúcar, ½ xícara (80g~100g, mas pra mim, quanto menos, melhor)
Manteiga sem sal, 3 colheres de sopa (~60g)
Sal, ¾ de colher de chá (1,25g, a velha e boa “pitada”)
Fubá fino de milho transgênico*: 1 ¾ de xícaras (200g~210g)
Farinha de trigo (eu usei integral, mas fica a seu critério), ½ xícara (~82,5g)
1 ovo médio**
Fermento em pó, aquele cuja embalagem foi desenhada pelo Escher, ¾ de colher de sopa (9g)
Erva-doce ~agosto~ (nunca tentei com outra erva, se alguém se disponibilizar…)

*a piada pode nem ser tão piada assim: alguém aí consegue comprar algo de milho sem aquele T (tesão, rysos)?
**eu só uso ovo caipira orgânico (ou de galíneas free range hora de morfar) por motivos de: o sabor e a qualidade serem muito, infinitamente melhores.

Leve ao fogo numa panela (eu uso a leiteira) o leite, o açúcar, a manteiga e o sal. Quando ferver, jogue o fubá e misture até desgrudar (vai ser muito rápido, prestenção). Desligue, espere ficar morno (pode usar o truque do dedo pra saber***), jogue o ovo e misture. É importante estar *morno* mesmo, ou seu ovo vai cozinhar nessa etapa.

Acrescente a farinha, o fermento e a erva (risos risos risos) e misture até que a massa esteja fácil de manusear (mas ela vai continuar meio grudenta, não vai ficar como massa de pão).

Faça as broinhas: quando estou com preguiça, faço quatro broonas, tô nem aí. Pra ficar mais bonitinho, faça bolinhas menores e leve pra assar numa forma untada com manteiga e enfarinhada com fubá (ou enfubaiada). Meia hora, ou até as broas estarem doiradas, e voi-là!

***se você conseguir ficar 10s com o dedo na massa, água etc, significa que está morno.