Arquivos de Tag: frango

Bolinhos de Frango Super Cremosos

Bolinhos de Frango Super Cremosos

Somos apaixonados por futebol americano. Obviamente, todo Super Bowl é um evento aqui em casa. Para acompanhar o Super Bowl 50 (FINALMENTE, Broncos!!!), resolvi testar uma receita do Chef John que parecia excelente.

Já aviso: não foi fácil modelar. O truque é deixar a massa ficar BEM gelada antes de tentar fazer bolinhas. Perdi um tempinho me estressando até pensar nisso… O melhor é fazer esta receita de um dia pro outro. Por outro lado, os bolinhos quentinhos, quase escorrendo o recheio de tão cremosas, compensaram qualquer estresse! 🙂

Outra coisa legal desta receita é que você pode reaproveitar sobras de frango – e pode congelar as bolinhas que não fritar no dia!

 

Você vai precisar de:

½ xícara de manteiga

½ cebola, picada beeeem miudinha

½ xícara de farinha de trigo

2 ½ xícaras de leite integral gelado

pimenta-do-reino, noz-moscada, pimenta-caiena e sal – pra variar só um pouco, eu coloquei páprica.

2 xícaras bem cheias de frango cozido e picado beeeeeem miudinho – usei sobras do churrasco

½ xícara de presunto picado beeeeem miudinho

2 colheres (sopa) de salsinha picada

 

Farinha de trigo, ovos e farinha de rosca para empanar.

 

Comece preparando o molho branco – que vai ser bem mais grosso do que o molho branco da lasanha 😀

Em uma panela que caiba todos os ingredientes, derreta a manteiga e doure a cebola. Acrescente a farinha de trigo, misture muito bem e cozinhe por uns três minutos, para tirar aquele gostinho tosco de farinha crua. Enquanto cozinha, tempere com a pimenta-do-reino, noz-moscada, pimenta-caiena e sal.

Passados esses três minutos, desligue o fogo e despeje, DE UMA VEZ SÓ, o leite GELADO. Misture bem com o batedor de arame e ligue o fogo em temperatura média-alta.

“Mas não vai empelotar?”. Não! Como o Chef John sempre diz: “hot roux, cold milk, no lumps”. A primeira vez que fiz assim também tive medinho, mas dá super certo e dá bem menos trabalho do que o método tradicional.

Bolinhos de Frango Super Cremosos

Cozinhe bem, misturando sempre, até ferver. Quando ferver, continue cozinhando por uns três minutos e desligue o fogo. Você vai notar que está bem mais grosso do que o molho branco tradicional – é isso mesmo!

Enquanto o molho dá uma esfriada, pique finamente a salsinha, o frango cozido e o presunto. Você pode usar o processador, se preferir. Eu morro de preguiça de lavar o processador e acho que não fica com uma textura muito legal, mas tem quem goste!

Misture a salsinha, o frango cozido e o presunto no molho e misture bem. Cubra com um filme plástico e leve para gelar por pelo menos 4 horas – o ideal, descobri depois, é de um dia pro outro.

Com a massa gelada, forme bolinhas e empane DUAS vezes: passe na farinha de trigo, no ovo, na farinha de rosca, e de novo no ovo e na farinha de rosca. A ideia é formar uma casquinha um pouco mais grossa, pra evitar que exploda quando fritar!

Frite em óleo quente por uns quatro minutos, ou até dourar e ficar lindão!

Se não for usar todas as bolinhas, leve-as ao congelador até que fiquem firmes. Quando estiverem totalmente congeladas, transfira para um saquinho ziploc e congele por até três meses.

Anúncios

[Guest Post] Torta de Frango

[Guest Post] Torta de Frango

[Nota: Esta receita foi feita (e escrita) pelo Eduardo e foi originalmente postada na página do Facebook.]

Calorias: vocês já viram o tamanho do peito do frango? Ele malha um monte inclusive por você, não se preocupe.

Ingredientes:

Massa
1 xícara de óleo
1 xícara de leite
2 xícara de farinha de trigo
3 ovos
1 colher de fermento
Queijo Parmesão ~agosto~
Sal

Recheio:
Frango (né!) desfiado
Limão
Mix de Pimenta, sal, alho e alecrim.
Pimentão
Cebola
Milho
Ervilha
Azeitona
Requeijão

Modo de fazer
Para o recheio, eu usei peito de frango, mas poderia ser qualquer pedaço do frango. Eu temperei com limão, mix de pimenta (pimenta do reino, branca, jamaicana e vermelha), alecrim, sal e alho. Refoguei com um quarto de pimentão e meia cebola picada. Após refogar, despejei água quente até cobrir. Quando a água secar, o filé de frango vai estar bem cozido. Tire da panela e desfie (eu usei com garfo mesmo). Com o frango desfiado, vamos, novamente, refogá-lo. Coloque azeite na panela, o frango desfiado e acrescente a azeitona, o milho e a ervilha.

A massa é bem simples e rápida. Misture todos os ingredientes no liquidificador até a massa ficar homogênea. Sugiro bater primeiro os líquidos e depois acrescentar os ingredientes secos. Essa ~metodologia~ otimiza o preparo da massa.

Eu juro procêis que dessa vez eu esqueci, mas, por favor, não se esqueçam de untar e polvilhar o pirex/forma. Então, depois de untar e polvilhar o pirex/forma, despeje metade da massa e, em seguida, espalhe o recheio. Cuidadosamente ponha o requeijão, tentando alcançar toda a superfície do recheio. Por fim, despeje o restante da massa. Eu espalhei um pouco de parmesão ralado por cima, para ajudar na cor bonita do final. A massa vai para o forno por uns 20 minutinhos, mais ou menos, quando ela estiver dourada, pode desligar e retirar do forno.

É ótimo para um almoço de domingo. Rápido e simples.

Frango de Natal (Ou Frango com Laranja)

1

Se você acha peru uma ave super sem graça, se você vai passar o Natal sozinho ou com poucas pessoas, ou ainda se você mora no Uruguai e um peru de 4,5 kg custa inacreditáveis 170 reais (importado dos EUA! Juro! #sustentabilidade #sqn), esse frango é pra você.

Vi a ideia no Pimenta do Reino (http://www.pimentanoreino.com.br/coxas-de-frango-com-laranja-e-alecrim/) e adaptei pro meu gosto.

Você vai precisar de:

Um frango (cê jura?) – eu usei quatro coxas, duas asinhas e duas sobrecoxas. Você pode usar o frango inteiro, se quiser.

Para a marinada:

1 raminho de alecrim
3 dentes de alho gordos, amassados
Um pedaço de mais ou menos 1 cm de gengibre, ralado
1 xícara de suco de laranja
4 colheres de sopa de shoyo
2 colheres de sopa de azeite
Páprica picante
Pimenta do reino
(Eu não botei sal porque já tinha o shoyo, mas vai do seu gosto, da sua pressão arterial, etc.)

Comece fazendo a marinada. No pirex em que você for assar o frango, junte todos os ingredientes e dê uma misturadinha boa. Acrescente o frango, envolvendo bem as peças no tempero. Cubra com plástico filme.

Se for usar o frango inteiro, coloque a marinada (e o frango, óbvio) em um saco plástico, para que o tempero possa penetrar melhor.

Deixe na geladeira por pelo menos três horas, mas o ideal é deixar por 12 horas. Eu deixei da noite pro dia, ficou classe (e facilita muito a vida, porque é uma coisa a menos para se estressar no dia!).

Cubra o pirex com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido. Passados uns 20 minutos, retire o papel alumínio e regue bem o frango com o caldinho que está se formando no fundo. Como o meu frango era em peças, aproveitei para virá-las.

Deixe assar por mais 30 minutos, mais ou menos, e está pronto! Fica MUITO suculento e com um sabor… festivo. 😀

[Guest Post] Fricassê de Frango

[Guest Post] Fricassê de Frango

[Nota: Esta receita foi feita pelo Rafael e foi a primeira receita postada na página do Facebook! Eu me recuso a fazer, porque tem milho, mas quem fez amou! O texto é todo dele!]

Calorias: melhor não saber. No meu caso, limpar o processador depois já compensou.

Tempo de preparo: 1,5 horas

Ingredientes:
• 1 kg de peito de frango
• 1 caixinha de creme de leite
• 1 pote de requeijão cremoso
• ½ lata de milho verde
• Azeitonas picadas
• Queijo muçarela ralado
• Batata palha
• Temperos: alho, azeite, cebola, sal, pimenta do reino, pimenta cumari, noz moscada, páprica picante, etc.

Modo de Preparo:
Comece cozinhando o peito de frango na panela de pressão. Eu simplesmente coloquei o frango na panela, joguei um bloquinho de caldo de frango (não gosto de usar, mas a preguiça falou mais alto), cebola picada, alho laminado e temperos variados. Cobri com água e deixei no fogo por 15 minutos após a panela ter começado a assobiar. Quando abri a panela, achei a cor mega branca do frango meio desanimadora, mas juro que melhora. Desfiei o frango no processador usando o acessório de bater massas, que não tem lâmina. Achei o resultado fantástico, mas só até a hora em que tive de limpar as mil peças da parada. Se tiver paciência e não tiver processador, desfie do jeito que der: faca, garfo, mão, parede, etc.

Separadamente, bata o creme de leite com o requeijão e um pouquinho de água no liquidificador e reserve.
Como sobrou muito caldo na panela do frango, eu resolvi secá-lo um pouco e refogar tudo ali mesmo, pra aproveitar o tempero. Coloquei o frango desfiado, as azeitonas, o milho e porções generosas de azeite. Deixei o negócio adquirir uma cor menos anêmica e, então, despejei o creme de leite com requeijão em cima. Esperei borbulhar, desliguei e despejei numa forma (de preferência de vidro, que limpa mais fácil). Coloquei quantidades industriais de queijo ralado por cima e botei no forno pra gratinar (10-15 min). Eu ralei o queijo no processador mesmo, mas isso gerou sujeira e perda de tempo. Melhor ralar do modo tradicional com aquele ralador de latão enferrujado que eu sei que todo mundo tem.

A receita genérica que eu estava usando como base pedia para botar a batata palha antes de colocar no forno, mas eu achei que ela ia ficar murcha e torrada demais, então coloquei por cima só na hora de servir e deu certo. Servi somente com arroz branco, porque feijão não combina com isso e salada ocuparia um espaço desnecessário no estômago.