Arquivos de Tag: chocolate em barra

Cheesecake de Ferrero Rocher

English Version

Cheesecake de Ferrero Rocher

Antes de ir a Brasília, fiz uma lista das receitas que queria fazer lá para postar aqui – coisas com couve, mandioquinha e outros ingredientes que não encontro no Uruguai. Com a correria, não fiz nenhuma! 😮 Aí inventamos de fazer uma série “Receitas do Jota”, que seria só com receitas testadas pelo meu irmão. Separamos algumas receitas para fazer e… só fizemos uma! 😦

MAS QUE RECEITA! Sempre fiz a mesma cheesecake de sempre, que leva ricota, mas essa é bem diferente e gostosa – além disso, ao contrário do que imaginei, essa não é uma receita muito doce! E dá tempo de fazer para o almoço de Páscoa! 😉

Para a base:
240 g de flocos de milho – corn flakes mesmo 😀
70 g de manteiga sem sal, derretida
4 colheres de sopa de cacau em pó

Para o recheio:
200 g de avelãs
500 g de cream cheese
1 caixinha de creme de leite
85 g de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha

Para a cobertura:
170 g de chocolate meio amargo
1 caixinha de creme de leite
Bombons Ferrero Rocher, para decorar

Cheesecake de Ferrero Rocher

Comece fazendo a base: no processador/liquidificador, triture bem os flocos de milho. Acrescente a manteiga derretida e o cacau em pó e misture bem. Cubra o fundo de uma forma de fundo removível (a nossa tinha 25 cm de diâmetro) com essa massinha, apertando bem, e leve para a geladeira, para firmar. Como a massa já tem manteiga, não precisa untar.

Enquanto a massa está na geladeira, coloque as avelãs em uma assadeira e leve ao forno para tostar. O processo leva uns 15 minutos, mais ou menos. De vez em quando, sacuda a assadeira para que as avelãs não queimem. Você vai saber que está pronto quando a cozinha ficar com um cheiro maravilhoso de avelãs 😀

Coloque as avelãs quentes no liquidificador e bata BEM, para que forme uma pasta. Esse processo demora bastante: eu e o Jota estávamos com pressa e só trituramos mesmo, ficou bom #realidades

Em uma tigela, coloque as avelãs, o cream cheese, uma caixa de creme de leite, a baunilha e o açúcar. Bata bem – eu bati o cream cheese com o creme de leite com uma espátula, para depois acrescentar os demais ingredientes, mas era só porque não queria sujar uma batedeira também! 😀 Despeje esse creme sobre a massa já fria, cubra com plástico-filme e leve para a geladeira para firmar.

Enquanto firma, coloque o creme de leite e o chocolate em uma panelinha em fogo bem baixo (ou em banho-maria, se você for mais cauteloso do que eu), mexendo bem até derreter todo o chocolate. Deixe esfriar um pouquinho e cubra a cheesecake com essa ganache.

Decore com os bombons – gente, parece tão receita de pavê isso, né, “decore com bombons”, hahahahah! – volte à geladeira por pelo menos 30 minutos e sirva!

Cookies da Phoebe (ou Nestlé Toll House Cookies)

English Version

Cookies da Phoebe

(Se você não sabe de onde veio o nome da receita, pare o que estiver fazendo e veja o episódio 3 da sétima temporada de Friends)

Para fecharmos a série de presentes comestíveis, nada melhor que os biscoitos da vó da Phoebe! 🙂 Fiquei com vontade de prová-los desde que vi o episódio, lá em 2000 e pouquinho. Depois que mudei pra cá, finalmente procurei e fiz a receita. Na verdade, já fiz esses biscoitos tantas vezes que tive que pesquisar nos arquivos do blog, porque não acreditava que ainda não tinha postado! 😀

E o mais importante: ainda dá tempo de fazer! Esqueceu de comprar uma lembrancinha pra alguém?  Cookies da Phoebe. Seus filhos querem deixar biscoitos pro Papai Noel? Esses são mais gostosos do que os comprados! 😀

Eu tinha pensado em seguir a receita original à risca para fazer as fotos, mas acabei fazendo uma alteração mínima: troquei meia xícara de gotas de chocolate por meia xícara de nozes picadas, porque piquei mais do que o necessário! 😀

Cookies da Phoebe

Para fazer os biscoitos, você vai precisar de

200 g de manteiga em temperatura ambiente

3/4 xícara de açúcar

3/4 xícara de açúcar mascavo

1 colher (chá) de baunilha

2 ovos

2 1/4 xícaras de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento em pó

1 colher (chá) de sal

2 xícaras de gotas de chocolate – Se você não encontrar gotas que sejam de verdade (porque ninguém merece chocolate com gordura hidrogenada, eca), use chocolate em barra picado! Eu usei 1 1/2 de mini-gotas de chocolate 50%

1 xícara de nozes picadas (meça, depois pique) – como já falei, usei 1 1/2 xícara

Na batedeira (se for planetária, use o batedor em formato de pá), bata a manteiga e o açúcar por mais ou menos três minutos, até ficar cremoso. Acrescente a baunilha e os ovos, um a um, e bata mais um pouco.

Em uma tigela, misture a farinha de trigo, o fermento e o sal com um fuê. Despeje essa mistura aos poucos. A receita original falava para continuar usando a batedeira para misturar, mas eu prefiro misturar a farinha com uma espátula de silicone, para não trabalhar demais a massa. É preciso um pouco de muque, mas eu prefiro! 😀

Quando você não enxergar mais pontinhos brancos de farinha, é hora de acrescentar as gotas de chocolate e as nozes. Misture bem com uma espátula de silicone.

Como eu ainda não comprei isso, tive que modelar os biscoitos na mão mesmo. O que eu sugiro: sente na frente da TV/computador, coloque um episódio e mande bala, porque demora! 😀 A receita original fala em fazer bolinhas de mais ou menos uma colher de sopa. Eu achei muito grande, então fiz bolinhas de mais ou menos meia colher de sopa.

Coloque as bolinhas em uma assadeira forrada com papel manteiga, deixando uns 2 cm de espaço entre elas. Leve para assar em forno preaquecido por mais ou menos 15 minutos. Com cuidado, remova os biscoitos e deixe esfriar em uma gradinha. Quando os biscoitos estiverem BEM frios (algumas horas depois!), coloque-os em uma caixinha bonita ou em um vidro tampado e presenteie! 🙂

Dica: Se você for assar mais de uma fornada na mesma assadeira, “esfrie” a assadeira antes de colocar a próxima leva, para que os biscoitos não esparramem muito no forno. O que eu faço é retirar os biscoitos assados (e o papel manteiga, né) e jogar água fria, da torneira mesmo, até que eu consiga pegar a assadeira com as mãos. Seco, coloco o papel manteiga, os biscoitos e forno de novo!

Freezer: Se não for assar todos os biscoitos no mesmo dia, congele as bolinhas em uma assadeira e depois transfira para um saquinho tipo ziploc. Essas bolinhas duram até 3 meses no freezer. Para assar, é só colocar direto no forno e deixar assar por mais alguns minutinhos, super prático!

Fudge de Chocolate e Nozes

English Version

Para abrirmos a série de receitas de Natal, também conhecida como presentes de comer, resolvi fazer uma receita que sempre morri de curiosidade. Quando era criança, alguns livros que lia falavam que não sei quem tinha feito fudge para o Natal e, claro, Honeydukes vendia Fudge Flies! (fim do momento #Potterhead)

Li inúmeras receitas de fudge: umas mais complicadas, que exigiam termômetro e muita paciência, e umas mais simples. Lógico que escolhi a mais simples, a da Patricia Scarpin! Escrevendo este post, descobri que adaptei involuntariamente a receita – li errado na hora de fazer e coloquei só meia xícara de leite condensado em vez de meia lata! 😀

Essa receita é ÓTIMA para dar de presente, porque é diferente, aguenta bem fora da geladeira, é uma delícia e…. é muito fácil de fazer! Bem menos estressante do que tentar entrar em um shopping a essa altura do campeonato!

Para fazer a receita que eu fiz, você vai precisar de:

1/2 xícara de leite condensado

330 g de chocolate meio amargo, picado – como a receita é praticamente só chocolate, escolha um chocolate bom! Aqui encontrei um chocolate belga maravilhoso, 64% cacau, que já vem nessas pastilhas – e sai mais barato do que comprar em barra!

1 colher (sopa) de água

1 colher (chá) de extrato de baunilha – usei mais porque meu extrato caseiro ainda está novo, não está muito forte.

Nozes picadas a gosto – totalmente opcional. Você pode substituir por avelãs, amêndoas, confeitos… ou não usar.

Fudge de Chocolate

Comece forrando uma assadeira de 20 x 20 cm com papel alumínio/papel manteiga, só para facilitar na hora de tirar. Eu costumo deixar umas “alças”, fica ainda mais fácil!

Pique o chocolate em pedaços pequenos – se estiver usando chocolate em pastilhas, nem precisa picar. Em uma panela de fundo grosso, coloque o chocolate, o leite condensado e a água. Cozinhe em fogo baixo, misturando sem parar, até que o chocolate derreta completamente.

Quando o chocolate estiver derretido, você vai notar que o fudge está em uma consistência diferente, mais durinha do que um brigadeiro. É isso mesmo. Misture a baunilha, transfira para a forma e alise a massa.

Despeje as nozes sobre o fudge, pressionando levemente para que “grude” – fiz uma vez sem pressionar e as nozes caíram quando o fudge esfriou #fail. Cubra com plástico-filme e leve à geladeira por umas duas horas, até firmar bem.

Retire da forma com o auxílio das alças e corte em quadradinhos pequenos! Ele dura até uma semana na geladeira, em tese. Aqui, durou mais ou menos umas três horas… 😀

Muffins de (Muito) Chocolate

English Version

Muffin de Chocolate e Iogurte

Para encerrarmos a série de muffins, nada melhor do que um muffin de chocolate BEM CHOCOLATOSO – leva cacau E chocolate em barra! Além disso, como a receita leva iogurte, eles ficam bem macios. Na verdade, eles estavam mais gostosos no segundo dia!

A única parte que vai dar trabalho é picar o chocolate! Eu faço com chocolate em barra mesmo, porque aqui não encontro gotas de chocolate decentes (só aquelas porcarias com gordura hidrogenada, ECA!). Se você encontrar gotas de chocolate decentes, seus muffins vão ficar ainda mais bonitos!

Essa receita rende MUITO: consegui 12 muffins normais e mais 15 mini-muffins! Acho que renderia uns 16-18 muffins normais no todo.

Você vai precisar de:

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de açúcar

3/4 xícaras de gotas de chocolate meio amargo – da próxima vez vou colocar mais!

1/2 xícara de cacau em pó

1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 colher (chá) de baunilha

1 ovo

1 xícara de iogurte natural

1/2 xícara de leite

1/2 xícara de óleo

1/4 de xícara de gotas de chocolate branco, para decorar

Muffin de Chocolate e Iogurte

A massa é a mais fácil de todas as receitas dessa série, já que nem precisa derreter manteiga! 🙂

Na tigela 1 (menorzinha), misture os secos. Na tigela 2 (maiorzinha, que cabe tudo), misture os molhados. Despeje os ingredientes secos na mistura dos molhados e misture com uma espátula. Como sempre, não é pra bater – massa de muffin é empelotadinha mesmo, é só misturar até não ver farinha e pronto.

Preencha as forminhas, sempre seguindo a regra de encher só até 3/4 da capacidade de cada uma delas. Coloque algumas gotas de chocolate branco por cima e leve para assar por 20 minutos, ou até que eles passem no teste do palito! 🙂

Deixe esfriar em uma gradinha e DEVORE!

Brownie de Chocolate e Avelãs

Brownie com Avelãs

Ano passado, Sky foi convidado para uma reuniãozinha de professores da escola. “Ana, preciso levar algo, você pode fazer alguma coisa?”. Claro, aproveitei que teria cobaias e resolvi testar uma receita nova!

Procurando nos meus sites favoritos, encontrei esta receita do Moldando Afeto e decidi fazer. Fez tanto sucesso aqui em casa (e na escola) que resolvi fazer de novo no Natal (foi o brownie da foto!). E no Carnaval. E noutro dia aí, porque deu na telha. 😀

Você vai precisar de

200 g de chocolate meio amargo – eu usei chocolate 70%. Até o pessoal da minha família, que torce o nariz para chocolate amargo (hereges!), achou perfeito com o chocolate 70%

200 g de manteiga

3 ovos

100 g de açúcar

100 g de avelãs picadas grosseiramente

140 g de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

Brownie com Avelãs

Receita de brownie é sempre muito parecida. Eu sempre cubro a forma com papel alumínio (usei uma quadrada de 20 x 20 cm), deixando umas alças para facilitar na hora de desenformar. Unte o papel alumínio, com bastante cuidado pra não rasgar, e reserve.

Derreta o chocolate com a manteiga – você pode usar o micro ondas (30 em 30 segundos, blá blá), pode usar banho maria, ou pode ser sem noção como eu e colocar no fogo mais baixo possível e pronto. 😛 Retire do fogo e reserve.

Em uma outra tigela, bata os ovos com o açúcar até aumentar de volume e ficar um pouco mais claro.

Despeje as avelãs picadas na panelinha do chocolate derretido com manteiga. Junte a mistura de ovos, a farinha e o fermento, misturando até não conseguir mais ver a farinha.

Brownie com Avelãs

Despeje a massa na forma preparada e asse por mais ou menos 20 minutos – estará pronto quando um palito sair com um pedacinho de massa, o que também é quando você toca a superfície do brownie e ela está firme, mas não tão firme quanto a de um bolo… Na receita deste outro brownie dá pra ver o ponto!

Corte em quadradinhos, polvilhe açúcar de confeiteiro para fazer uma firula e sirva. Você também pode congelar o brownie já assado – retire algumas horas antes de servir e pronto!

Biscoitos com Gotas de Chocolate

Slice and Bake Choco Chip

Continuando a série de biscoitos de Natal, que tal uns biscoitos com gotas de chocolate, só que no formato fácil “fatie-e-asse”? E que você até pode usar a batedeira, mas nem precisa? Se a sua manteiga já estiver meio amolecida (o que é bem fácil nesse calor!), só precisa sujar uma tigela e uma espátula. 🙂

A receita veio do La Cucinetta. Lá, ela sugere dar o rolinho de presente – antes de assar, pra pessoa fazer quando bem entender. Achei a ideia ótima, especialmente pra quando a gente vai visitar alguém que acabou de se mudar, de ter um bebê, etc.

Pra variar, eu adaptei o modo de preparo. E coloquei mais chocolate.

Você vai precisar de:

1 1/3 xícaras de farinha de trigo

1/2 colher (chá) bicarbonato de sódio

1/4 colher (chá) sal

115 g de manteiga sem sal, amolecida (em consistência de pomada)

½ xícara de açúcar

1/3 xícara de açúcar mascavo, bem apertado na xícara

1 ovo grande

2 colheres (chá) essência de baunilha

3/4 xícara de chá de chocolate amargo picado – o normal seria usar gotas de chocolate, mas aqui só encontro aquelas gotas cheias de gordura hidrogenada, ECA!

Não usei, mas acho que super combinaria colocar ½ colher (chá) de noz moscada ralada na hora. Ou de canela. Ou de pimenta da Jamaica.

E, claro, você pode colocar nozes picadas. ½ xícara, talvez!

 

Em uma tigela, coloque a manteiga amolecida e os açúcares. Com a espátula, misture bem até que esteja homogêneo. Se a manteiga estiver em consistência de pomada, este processo é bem rapidinho. Senão…. melhor ir de batedeira mesmo!

Adicione o ovo e a baunilha e misture, raspando a tigela para misturar melhor. Adicione a farinha e, com a mão mesmo, amasse delicadamente até incorporar. Sugiro usar uma mão só, pra diminuir a zona na cozinha 😀

Acrescente o chocolate picado e misture um pouco mais.

Como todas as outras receitas do tipo fatie-e-asse, divida a massa em duas partes. Despeje uma metade sobre uma folha de papel manteiga e faça um rolinho bem ajeitadinho. Como esta massa é um pouco mais grudenta do que as outras que já fizemos, achei melhor colocar um NADINHA de farinha no papel manteiga, para ajudar a enrolar. Deu certo.

Eu não tinha nenhum rolo de papel toalha vazio em casa, mas se você tiver, melhor: coloque o rolinho de massa dentro do rolo de papel toalha vazio, para que ele mantenha a forma cilíndrica, e leve à geladeira por 8 horas – eu deixei no freezer por duas, me julguem. Se não for assá-los todos no mesmo dia, é legal enrolar os rolinhos em papel alumínio ou plástico filme, para formar uma segunda camada de proteção.

Slice and Bake Choco Chip

Tire o rolinho do freezer. Com uma faca bem afiada, corte rodelas de mais ou menos 0,5 cm. Vai ser mais chatinho de cortar do que os biscoitos deste tipo que já fizemos, por causa dos pedaços de chocolate, mas não tem estresse. Coloque em uma assadeira forrada com silpat ou papel manteiga.

Asse, em forno preaquecido, por 12-14 minutos, ou até dourar. Eles ainda estarão meio molinhos. Deixe esfriar por 5 minutos na assadeira e transfira para uma gradinha, para que eles esfriem completamente. Aí é só colocar em uma caixinha fofa e presentear!

Blondies Três Chocolates

Blondies Três Chocolates

Vi esta receita em 1900 e bolinha, achei as fotos lindas, pinei e…. esqueci. Esqueci, ficou perdida no meio do pinterest e ia ficar por isso mesmo.

Semana passada, comprei umas barras de chocolate que não tinham destino planejado – da série “devo ter umas mil receitas pra testar com chocolate, chegando em casa eu vejo”. E assim reencontrei esta receita da The Cookie Shop.

Quando li a receita, fiquei meio apavorada com a quantidade de açúcar – diminuí um nadinha e não ficou muito doce. E O TANTO QUE É FÁCIL? O mais difícil é picar o chocolate! Fiz sem nozes (ia levar parte para uma amiga que tem alergia, sabe como é), mas com as nozes que ela sugere deve ficar sensacional!

Você vai precisar de

140 g de manteiga sem sal

250 g de açúcar mascavo

150 g de açúcar normal (usei só 100 g de açúcar cristal)

1 colher (chá) de essência de baunilha

3 ovos

300 g de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento de bolo

1 pitada de sal

150 g de cobertura (ela fez com 50 g de chocolate ao leite, 50 g de nozes e 50 g de amargo. Eu fiz com 100 g de chocolate que era metade branco, metade ao leite, e umas 80 g de chocolate amargo. Sim, ignorei matemática básica 😀 )

O processo é o mesmo de quase qualquer receita de brownie que você já viu na vida. Comece pré-aquecendo o forno e forrando uma forma retangular (usei uma de 30 x 20) com papel alumínio. Dizem que dá pra fazer sem untar o papel alumínio, mas eu nunca testei.

Encontre uma panela que caiba todos os ingredientes com sobra para misturar. SIM, esta é outra receita que só suja uma panela! 😀 Derreta a manteiga, junte os açúcares, mexa bem e retire do forno. Espere um minutinho e acrescente a baunilha e os ovos – essa espera é para evitar que você coma OVOS COZIDOS DOCES (eca!)

Acrescente a farinha, o fermento e o sal, misturando até ficar homogêneo. Não misture muito. Deixou de ver branquinho de farinha? Deixou de mexer. Despeje a massa sobre a forma, alisando bem com uma espátula – a massa vai ser grossinha mesmo, não apavore. Distribua a cobertura uniformemente e leve ao forno por uns 25-30 minutos, até que esteja firme. Blondies Três Chocolates

Espere alguns minutos antes de levantar o blondie pelo papel alumínio. O certo é esperar esfriar numa gradinha e só então cortar. Lógico que não fiz isso, cortei e comi quente mesmo 😀

Bolo Mármore de Laranja e Chocolate

Bolo Mármore de Laranja e Chocolate

Essa é outra receita que estava perdida no meu banco de receitas pra postar! Outro absurdo, já que este é meu bolo mármore favorito – não é muito doce, e o sabor da laranja complementa super bem o chocolate! A ideia de fazer DUAS MASSAS parece ser uma trabalheira, mas nem é: é a mesma massa, que você divide e acrescenta chocolate derretido em uma, raspas de laranja na outra.

O truque para fazer o bolo mármore ficar bonito está nas fotos: coloque colheradas de cada cor alternadas, de preferência em duas camadas, e passe um palito LEVEMENTE, só para marmorizar. Não misture muito!

Surpreendentemente, esta receita NÃO veio de um site, mas sim de um livrinho TOSCO de receitas que vinha com o jornal El País 😀 Converti a receita para xícaras usando a calculadora do TudoGostoso, já que eu sempre uso a balança.

100 g de chocolate – eu usei o meio amargo, com 53% de cacau. Você pode usar um ao leite, se preferir o bolo mais doce!

200 g (1 ¼ xícara) de açúcar

250 g (1 ¼ xícara) de manteiga em temperatura ambiente

1 colher (chá) de baunilha

3 ovos

300 g (2 ½ xícaras) de farinha de trigo

50 g (1/3 xícara) de maisena

1 colher (sopa) de fermento em pó

Raspas de 2 laranjas

Suco de 1 laranja

Derreta o chocolate em banho-maria (ou no micro ondas) e deixe esfriar.Bata o açúcar com a manteiga até obter um creme claro, usando a batedeira ou o combo fuê + muque. Adicione a baunilha e os ovos, um a um, batendo bem depois de cada adição.

Agora é hora de acrescentar os ingredientes secos, de preferência peneirados. Não bata – só misture delicadamente, com a finesse e calma que você provavelmente achou que não tinha. Divida a massa em duas tigelas.

Na primeira, misture o chocolate derretido e já frio – mas não sólido, obviamente. Na segunda, misture as raspas e o suco de laranja. Ligue o forno, para esquentar.

Em uma forma untada (aqui usei uma de 20 x 20 cm, mas sobrou massa – que virou cupcake, então recomendo usar uma de 20 x 30 cm), coloque colheradas alternadas das massas. Faça duas camadas dessas colheradas – acho que vendo as fotos fica mais fácil de entender! Passe um palito cuidadosamente para mesclar, mas tente não misturar muito pra não ficar tudo da mesma cor! 😀

Bolo Mármore de Laranja e Chocolate

Asse o bolo por mais ou menos 40 minutos (faça o teste do palito!). Concentre-se, respire fundo e deixe o bolo esfriar antes de cortar!

Mousse de Chocolate Clássica

Mousse de Chocolate

No meu calendário de posts futuros, eu tinha previsto postar uma receita de forno. Aqui anda fazendo um calor INFERNAL, e a previsão do tempo diz que vai piorar… Ou seja: ligar o forno não é uma opção.
Assim, achei que era o momento adequado de trazer uma receita clássica, bem fácil e que só precisa um pouquinho de fogão ou de micro-ondas, se você for desses! Esta é a versão da mamãe, que vai pouco açúcar. Eu não sinto falta, mas você pode dobrar a quantidade sem problemas! Fiz para o Ano Novo e já estou com vontade de fazer de novo…. 😀

Para conhecer a felicidade em forma de mousse, você vai precisar de:
200 g de chocolate (eu usei o 70%, porque prefiro mais forte. Você pode usar o que preferir)
250 ml de creme de leite fresco ou de caixinha
2 gemas
30 ml de licor (totalmente opcional – eu usei Amaretto)
3 claras
3 colheres de açúcar

Para começar, derreta o chocolate COM o creme de leite. Sim, você pode fazer isso no micro-ondas. Eu sou #vó e não uso micro-ondas, mas não julgo (muito) quem usa. Mentira, julgo sim, mas tudo bem!
Em uma tigelinha, bata levemente as gemas e acrescente-as ao creme de chocolate. Esta também é a hora de adicionar o licor, se estiver usando. Reserve.
Bata as claras em neve. O truque é colocar as claras em uma tigela COMPLETAMENTE seca e acrescentar uma pitada de sal antes de começar a bater. Bata muuuuuuuuito, e acrescente o açúcar aos poucos. Você sabe que está pronto quando consegue inverter a tigela de cabeça pra baixo e a clara não cai. Sim. Isso é um fato comprovado na minha cozinha toda vez que bato claras, não é só coisa de programa de culinária! 😀
Junte as claras ao creme de chocolate em movimentos delicados. Não seja afobado/a, para não perder a textura aerada que é a graça da coisa. Misture tudo até que não consiga ver pontos brancos.
Coloque nos potinhos em que for servir ou em um pirex. Leve à geladeira por pelo menos seis horas e seja feliz!

Panetone Gourmetizado, Porém Gostoso

1

Talvez você tenha recebido uns panetones sem graça no amigo oculto da firma e não saiba o que fazer com eles. Ou talvez você tenha sido convocado a levar uma sobremesa para a ceia de Natal, mas tem horror a pavê e rabanada. Ou ainda uma combinação dos dois. Uma hipótese menos provável é que você, como eu, ame panetone, ame ganache e tenha uma mente obesa. Todas estas são ótimas razões para testar esta receita!

Como não estava num espírito completamente chutador de balde, fiz UM minipanetone recheado. Autocontrole aqui é mato! (#sqn). Se você quiser fazer esta receita com um panetone de 500 g, multiplique todas as quantidades por cinco.

Para um MINIPANETONE, você vai precisar de:

50 g de chocolate em barra – eu usei chocolate 70%, mas você pode usar o que preferir
50 g de creme de leite fresco ou de caixinha (dizem que com o de lata não funciona – aqui não tem creme de leite em lata, só o fresco mesmo, então não sei)
20 g (ou “um punhadinho”) de nozes picadas
Frutas vermelhas para decorar.

Comece fazendo a ganache – que, pelo nome, parece um treco mega difícil e na verdade é a coisa mais fácil do planeta. Em uma tigela, coloque o chocolate picado e reserve. Esquente o creme de leite em uma panela até começar a fazer borbulhinhas nos lados. Despeje o creme de leite sobre o chocolate picado, espere alguns segundos e misture bem até derreter tudo. PRONTO. É isso a ganache. Acrescente as nozes picadas e reserve. Ela vai engrossar enquanto esfria, então não se apoquente.

Enquanto a ganache esfria, corte uma tampa do panetone e “cave” por dentro – veja a foto, vai ser bem mais fácil.

5

Discretamente, coma o miolinho que você retirou enquanto espera a ganache esfriar. Recheie o panetone e passe um pouco de ganache na tampa, para “colar” na base.

Cubra o panetone com o resto da ganache, decore com frutas vermelhas e leve à geladeira até o recheio firmar bem. Tente não devorar tudo de uma só vez, é feio.