Arquivos de Tag: anchovas

Tapenade

English version

Tapenade

Quando me mudei para o Uruguai, uma das coisas que tive que aprender foi cozinhar – ninguém sobrevive de macarrão, bolo, ovo mexido e patê de atum, né? (Sério, era mais ou menos esse meu repertório). Fui tentando fazer coisas simples, mas que fossem diferentes. Uma delas foi justamente a tal da tapenade, esse patê francês de azeitonas pretas.

A receita que eu fazia (não lembro onde encontrei!) levava quantidades iguais de azeitonas pretas e verdes, alho, sal, pimenta e manjericão. Simplesmente jogava tudo no processador, pulsava e pronto: patêzinho diferente e gostoso. Quando decidi que em fevereiro teríamos as Tertúlias de Patê, não tive dúvidas em incluir a tapenade. Então, fui buscar a “receita original, autêntica, bla bla bla”. Claro que não encontrei!

Encontrei várias receitas diferentes, cada uma acrescentando/omitindo alguma coisa. Confusa, tive que apelar para a Wikipedia, que disse que era uma receita com azeitonas, alcaparras, anchovas e alho! Então encontrei essa receita no The Guardian e resolvi fazer – acabei adaptando, sabe como é. Achei muito melhor do que a que fazia antes!

Ela não rende muito, o que é ótimo: é um patê de sabor bem forte, não precisa muito!

Você vai precisar de:

½ xícara de azeitonas pretas sem caroço

2 colheres (sopa) de alcaparras

2 filés de anchovas, escorridos – sempre tenho anchovas em casa, para fazer o molho da Salada Caesar … ou pra botar na pizza mesmo! Se você preferir uma receita vegana, basta omitir.

3 dentes de alho

1 colher (sopa) de orégano e/ou tomilho – usei ½ de cada

1 colher (sopa) de mostarda Dijon

Azeite, sal e pimenta a gosto – eu não usei sal, porque achei que as alcaparras e anchovas já tinham dado conta do recado.

Tapenade

Além de testar a receita “mais autêntica”, resolvi testar também o método mais tradicional: o pilão!

Pique grosseiramente as azeitonas, as alcaparras, as anchovas e o alho. Coloque tudo no pilão, acrescente as ervas e SOQUE (vocês conseguem falar isso sem rir? Eu não #quintasérie).

Soque bem até que fique uma pasta não muito grossa. Misture a mostarda e soque. Acrescente mais ou menos 2 colheres (sopa) de azeite e soque um pouquinho mais com o pilão. Tempere com sal e pimenta.

Ou…. jogue todos os ingredientes no processador, pulsando até que fique uma pasta pedaçuda! 😀

Salada Caesar

Salada Caesar

Comecei a amar salada Caesar na época dos “almoços coletivos” com o pessoal do trabalho. A gente sempre pedia costelas com molho barbecue e uma saladinha pra compensar. Neste Natal, decidimos que faríamos churrasco (como é tradição aqui no Uruguai), com uma salada para acompanhar. Não tive dúvidas: era hora de testar a receita de molho da Bon Appétit.

Eu sei que você pode ir ali no mercado e comprar um molho “tipo Caesar” e jogar na sua salada. Mas o molho feito em casa é INFINITAMENTE melhor – mais forte, menos artificial, etc. Vale tanto a pena que decidimos repetir a dose na ceia de Ano Novo – acompanhando várias rodadas de pizza!

Para o molho, você vai precisar de:

6 filés de aliche (anchovas)
2 gemas de ovo
1 dente de alho gorducho, esmagado
2 colheres de sopa de suco de limão
1 colher de sopa de mostarda Dijon (eu não tinha, fiz com a mostarda normal mesmo)
2 colheres de sopa de azeite
½ xícara de óleo
3 colheres de sopa de parmesão ralado
Pimenta do reino
Sal, se for o caso – eu não usei, o sal das anchovas e do parmesão já deu conta do recado.

Para a salada, você vai precisar de:
Alface, de preferência a romana
Croutons
Queijo parmesão em lascas
Frango grelhado (opcional – usamos o frango do churrasco, ficou show)

Corte as anchovas o mais fino que puder. Esmague com a lateral da faca, para formar um patêzinho.

Em uma tigela, coloque as anchovas, o alho esmagado, as gemas, o suco de limão e a mostarda. Com um fouet (ou garfo) e MUITO MUQUE, bata bem. Acrescente o azeite, bem aos pouquinhos e sem parar de bater. Quando estiver bem incorporado, acrescente o óleo aos poucos, batendo bem, mas bem MESMO, como se fosse fazer uma maionese. Acrescente o parmesão ralado, tempere com pimenta do reino e corrija o sal, se for o caso. Reserve.

Rasgue a alface, lave, seque e reserve.

Agora é só montar a salada. Em uma tigela, misture o molho e as folhas rasgadas. Coloque as folhas temperadas no prato, acrescente os croutons, as lascas de parmesão (não exagere, o molho já tem parmesão) e o frango em tiras, se for usar.

Sirva imediatamente e prometa-se nunca mais comprar molho pronto! 😀