Arquivos de Categoria: Doces

Biscoitos Brownie

English version

Biscoitos Brownie

Sabe quando você lê uma receita, acha fácil, sabe que vai ser boa, pina e nunca mais na vida lembra dela? Normal, né? 😀 Continuando as Tertúlias de Chocolate, resolvi criar vergonha na cara e finalmente fazer esses biscoitos que são praticamente brownies redondinhos!

Além de deliciosos, esses biscoitos são muito fáceis de fazer: não precisa nem amolecer a manteiga e só suja uma panela! Eu não tinha chocolate não adoçado em casa, então usei um chocolate 70%. Ficou muito bom, mas da próxima vez usarei um chocolate 80% cacau ou mais forte. Mesmo que você não seja muito chegado em chocolate amargo, não acho que essa receita funcionaria com chocolate ao leite – ficaria doce demais!

Você vai precisar de:

115 g (½ xícara) de manteiga
115 g de chocolate não adoçado – eu usei 70%
190 g (1 xícara, bem apertada) de açúcar mascavo
25 g (2 colheres [sopa]) de açúcar branco
2 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de sal
45 g (½ xícara) de cacau em pó – o que não tem açúcar!
130 g (1 xícara) de farinha de trigo
115 g (2/3 xícara) de gotas de chocolate amargo – você pode usar chocolate picado

Biscoitos Brownie

Em uma panela que caiba todos os ingredientes, derreta a manteiga e o chocolate. Você pode usar banho-maria ou o fogo mais baixo, na menor boca do fogão, mexendo sempre e tomando muito cuidado para não queimar.

Com uma espátula de silicone, misture os açúcares no chocolate derretido. Acrescente os ovos, um a um. Misture a baunilha, o sal e o bicarbonato de sódio. Peneire – é, até eu peneirei, não tenha preguiça! − o cacau em pó sobre a massa e misture. Peneire a farinha de trigo e misture só até não ver mais pontinhos brancos. Agora é só misturar as gotas de chocolate!

Cubra a panela com plástico-filme e leve à geladeira por mais ou menos meia hora. Faça bolinhas (usei mais ou menos 1 colher [sopa] por bolinha), coloque-as em uma assadeira forrada com papel manteiga ou silpat, deixando um bom espaço entre cada bolinha, e leve para assar em forno pré-aquecido. A receita original pedia para assar por 11 a 12 minutos, avisando que eles estariam moles. Eu fiz a primeira fornada assim, deixando na assadeira por alguns minutos antes de mover para a gradinha e deixar esfriar completamente. Desse jeito, os biscoitos realmente ficam quase como um brownie. Na segunda fornada, assei por 15 minutos e achei a textura mais parecida com biscoito normal – e gostei mais assim!

Freezer: Como a maioria dos biscoitos, você pode congelar as bolinhas de massa em uma assadeira coberta com plástico-filme. Quando elas estiverem bem firmes, transfira-as para um saquinho tipo Ziploc. Para assar, basta levar as bolinhas diretamente do freezer para o forno, assando por alguns minutos a mais.

Bolo de Chocolate – Devil’s Food Loaf

English version

Devil's Food Loaf

Pensei muito antes de decidir o tema do mês de maio: “poxa, queria fazer receitas com chocolate, mas né, logo depois da Páscoa, será que vale a pena, etc…” até que me dei conta que hey, quem é que enjoa de chocolate? 😀

Para abrirmos as Tertúlias de Chocolate, resolvi finalmente fotografar meu segundo bolo de chocolate favorito! O favorito, favorito mesmo é o que minha mãe faz, mas esse fica pra uma série específica no futuro…. 😛 O Devil’s food loaf é parecido, mas a cobertura é bem diferente – e a melhor parte!!!

Você vai precisar de:
45 g de cacau em pó – veja bem, não é chocolate em pó nem achocolatado!
¾ colher (chá) de bicarbonato de sódio
100 mL de água fervente
140 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal

3 ovos
223 g de açúcar mascavo
½ xícara de óleo
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Para a cobertura:
60g de chocolate meio-amargo ou amargo –
14g de manteiga sem sal
2 colheres (sopa) de cacau em pó
2 colheres (sopa) de leite integral
½ colher (sopa) de mel

Devil's Food Loaf

Comece preparando a forma de bolo inglês (a minha media 11 x 21 cm): unte, forre com papel manteiga, deixando um excesso pra facilitar na hora de desenformar, e unte o papel manteiga. Isso vai ajudar a desenformar sem drama!

Em uma tigela pequena, misture o cacau e a água fervente com um fuê. Misture o bicarbonato e deixe esfriar por uns 20 minutos.

Em uma tigela, misture a farinha, fermento e sal com um fuê e reserve. Na batedeira, bata os ovos, açúcar e óleo até que vire um creme homogêneo. Misture a baunilha. Acrescente a mistura de farinha – nesta fase, eu costumo trocar e usar uma espátula de silicone. Junte a mistura de cacau e água, misturando bem.

Despeje a massa na forma. Agora é a parte diferente: bata a forma na bancada algumas vezes, para retirar bolhas de ar da massa! Não sei que coisa horrível acontece se você pular essa etapa, eu sempre bati 😀

Leve ao forno pré-aquecido e asse até que o bolo passe no teste do palito – aqui em casa, isso levou uns 50 minutos. Deixe esfriar na assadeira por uns 10 minutos antes de desenformar – você vai ver como o papel manteiga facilita o processo! Deixe esfriar completamente.

Quando o bolo estiver completamente frio, é hora de fazer a cobertura. Derreta o chocolate e a manteiga em uma panelinha em banho-maria. Enquanto o chocolate derrete, misture o cacau, leite e mel em outra panelinha e mexa bem, em fogo alto, até que comece a ferver. Peneire o conteúdo da segunda panelinha sobre a mistura de chocolate com manteiga, misturando bem (confesso que nem sempre peneiro, às vezes eu só misturo mesmo). Espalhe imediatamente sobre o bolo, porque a cobertura seca rapidinho.

Teste a sua força de vontade, deixando a cobertura secar por algumas horas antes de servir. 😀

Cheesecake de Ferrero Rocher

English Version

Cheesecake de Ferrero Rocher

Antes de ir a Brasília, fiz uma lista das receitas que queria fazer lá para postar aqui – coisas com couve, mandioquinha e outros ingredientes que não encontro no Uruguai. Com a correria, não fiz nenhuma! 😮 Aí inventamos de fazer uma série “Receitas do Jota”, que seria só com receitas testadas pelo meu irmão. Separamos algumas receitas para fazer e… só fizemos uma! 😦

MAS QUE RECEITA! Sempre fiz a mesma cheesecake de sempre, que leva ricota, mas essa é bem diferente e gostosa – além disso, ao contrário do que imaginei, essa não é uma receita muito doce! E dá tempo de fazer para o almoço de Páscoa! 😉

Para a base:
240 g de flocos de milho – corn flakes mesmo 😀
70 g de manteiga sem sal, derretida
4 colheres de sopa de cacau em pó

Para o recheio:
200 g de avelãs
500 g de cream cheese
1 caixinha de creme de leite
85 g de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha

Para a cobertura:
170 g de chocolate meio amargo
1 caixinha de creme de leite
Bombons Ferrero Rocher, para decorar

Cheesecake de Ferrero Rocher

Comece fazendo a base: no processador/liquidificador, triture bem os flocos de milho. Acrescente a manteiga derretida e o cacau em pó e misture bem. Cubra o fundo de uma forma de fundo removível (a nossa tinha 25 cm de diâmetro) com essa massinha, apertando bem, e leve para a geladeira, para firmar. Como a massa já tem manteiga, não precisa untar.

Enquanto a massa está na geladeira, coloque as avelãs em uma assadeira e leve ao forno para tostar. O processo leva uns 15 minutos, mais ou menos. De vez em quando, sacuda a assadeira para que as avelãs não queimem. Você vai saber que está pronto quando a cozinha ficar com um cheiro maravilhoso de avelãs 😀

Coloque as avelãs quentes no liquidificador e bata BEM, para que forme uma pasta. Esse processo demora bastante: eu e o Jota estávamos com pressa e só trituramos mesmo, ficou bom #realidades

Em uma tigela, coloque as avelãs, o cream cheese, uma caixa de creme de leite, a baunilha e o açúcar. Bata bem – eu bati o cream cheese com o creme de leite com uma espátula, para depois acrescentar os demais ingredientes, mas era só porque não queria sujar uma batedeira também! 😀 Despeje esse creme sobre a massa já fria, cubra com plástico-filme e leve para a geladeira para firmar.

Enquanto firma, coloque o creme de leite e o chocolate em uma panelinha em fogo bem baixo (ou em banho-maria, se você for mais cauteloso do que eu), mexendo bem até derreter todo o chocolate. Deixe esfriar um pouquinho e cubra a cheesecake com essa ganache.

Decore com os bombons – gente, parece tão receita de pavê isso, né, “decore com bombons”, hahahahah! – volte à geladeira por pelo menos 30 minutos e sirva!

Cookies da Phoebe (ou Nestlé Toll House Cookies)

English Version

Cookies da Phoebe

(Se você não sabe de onde veio o nome da receita, pare o que estiver fazendo e veja o episódio 3 da sétima temporada de Friends)

Para fecharmos a série de presentes comestíveis, nada melhor que os biscoitos da vó da Phoebe! 🙂 Fiquei com vontade de prová-los desde que vi o episódio, lá em 2000 e pouquinho. Depois que mudei pra cá, finalmente procurei e fiz a receita. Na verdade, já fiz esses biscoitos tantas vezes que tive que pesquisar nos arquivos do blog, porque não acreditava que ainda não tinha postado! 😀

E o mais importante: ainda dá tempo de fazer! Esqueceu de comprar uma lembrancinha pra alguém?  Cookies da Phoebe. Seus filhos querem deixar biscoitos pro Papai Noel? Esses são mais gostosos do que os comprados! 😀

Eu tinha pensado em seguir a receita original à risca para fazer as fotos, mas acabei fazendo uma alteração mínima: troquei meia xícara de gotas de chocolate por meia xícara de nozes picadas, porque piquei mais do que o necessário! 😀

Cookies da Phoebe

Para fazer os biscoitos, você vai precisar de

200 g de manteiga em temperatura ambiente

3/4 xícara de açúcar

3/4 xícara de açúcar mascavo

1 colher (chá) de baunilha

2 ovos

2 1/4 xícaras de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento em pó

1 colher (chá) de sal

2 xícaras de gotas de chocolate – Se você não encontrar gotas que sejam de verdade (porque ninguém merece chocolate com gordura hidrogenada, eca), use chocolate em barra picado! Eu usei 1 1/2 de mini-gotas de chocolate 50%

1 xícara de nozes picadas (meça, depois pique) – como já falei, usei 1 1/2 xícara

Na batedeira (se for planetária, use o batedor em formato de pá), bata a manteiga e o açúcar por mais ou menos três minutos, até ficar cremoso. Acrescente a baunilha e os ovos, um a um, e bata mais um pouco.

Em uma tigela, misture a farinha de trigo, o fermento e o sal com um fuê. Despeje essa mistura aos poucos. A receita original falava para continuar usando a batedeira para misturar, mas eu prefiro misturar a farinha com uma espátula de silicone, para não trabalhar demais a massa. É preciso um pouco de muque, mas eu prefiro! 😀

Quando você não enxergar mais pontinhos brancos de farinha, é hora de acrescentar as gotas de chocolate e as nozes. Misture bem com uma espátula de silicone.

Como eu ainda não comprei isso, tive que modelar os biscoitos na mão mesmo. O que eu sugiro: sente na frente da TV/computador, coloque um episódio e mande bala, porque demora! 😀 A receita original fala em fazer bolinhas de mais ou menos uma colher de sopa. Eu achei muito grande, então fiz bolinhas de mais ou menos meia colher de sopa.

Coloque as bolinhas em uma assadeira forrada com papel manteiga, deixando uns 2 cm de espaço entre elas. Leve para assar em forno preaquecido por mais ou menos 15 minutos. Com cuidado, remova os biscoitos e deixe esfriar em uma gradinha. Quando os biscoitos estiverem BEM frios (algumas horas depois!), coloque-os em uma caixinha bonita ou em um vidro tampado e presenteie! 🙂

Dica: Se você for assar mais de uma fornada na mesma assadeira, “esfrie” a assadeira antes de colocar a próxima leva, para que os biscoitos não esparramem muito no forno. O que eu faço é retirar os biscoitos assados (e o papel manteiga, né) e jogar água fria, da torneira mesmo, até que eu consiga pegar a assadeira com as mãos. Seco, coloco o papel manteiga, os biscoitos e forno de novo!

Freezer: Se não for assar todos os biscoitos no mesmo dia, congele as bolinhas em uma assadeira e depois transfira para um saquinho tipo ziploc. Essas bolinhas duram até 3 meses no freezer. Para assar, é só colocar direto no forno e deixar assar por mais alguns minutinhos, super prático!

Barrinhas de limão siciliano

English Version

Barrinhas de Limão

A segunda receita das Tertúlias de Natal não é uma receita natalina propriamente dita, mas combina demais com o calor dessa época do ano! Como a ideia é fazer presentes comestíveis, basta colocar numa caixinha verde/vermelha e pronto! NATAL! 😀 Além disso, elas são uma ótima ideia de sobremesa para a ceia – ok, sua tia vai fazer o pudim, mas você pode levar as barrinhas!

As lemon bars são provavelmente a receita doce favorita do Sky: comecei a fazê-las porque ele ficava “ah, não sei o quê é bom, mas você podia fazer lemon bars”…  Ainda bem que ele insistiu, porque é muito gostoso mesmo! Já testei várias receitas,  mas essa, da Ree Drummond, é a mais tradicional.

Para encher uma forma de 20 x 30 cm com barrinhas de limão <3, você vai precisar de

Massa

2 xícaras de farinha

1/2 xícara de açúcar

1/4 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de baunilha – invenção da minha cabeça, como diria minha vó

225 g de manteiga, gelada e cortada em cubinhos

Recheio

1 e 1/2 xícara de açúcar

1/4 de xícara de farinha de trigo

4 ovos

Raspas e suco de 5 limões sicilianos

Açúcar de confeiteiro para fazer uma firulinha depois

Barrinhas de Limão

Comece forrando a assadeira com papel alumínio, para facilitar na hora de tirar da forma/servir. Não precisa untar, porque vai bastante manteiga na massa! 🙂

Para fazer a massa: em uma tigela média, misture a farinha, o açúcar e o sal com um fuê. Acrescente a manteiga e a baunilha e amasse com a ponta dos dedos até formar uma farofinha úmida. Aperte essa massa na assadeira e leve ao forno preaquecido por mais ou menos 20 minutos, ou até que as bordas comecem a ficar douradinhas. Não deixe passar disso, porque a barrinha vai voltar ao forno! 🙂

Enquanto a massa está no forno, prepare o recheio – misture o açúcar e a farinha de trigo com um fuê. Adicione os ovos, batendo bem, e então acrescente as raspas e o suco de limão. Misture bem e reserve. Como esse processo leva uns 3 minutos, aproveite pra lavar a louça. 😀

Retire a massa do forno, despeje cuidadosamente o recheio e volte ao forno por mais 15-20 minutos, ou até que o recheio esteja firme. Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de levar à geladeira por umas 2 horas – fica bem mais fácil cortar quando elas estão frias!

Remova as barrinhas já frias da assadeira com a ajuda do papel alumínio. Para uma firulinha extra, peneire uma camada generosa de açúcar de confeiteiro sobre as barrinhas. Corte em quadradinhos de mais ou menos 5 cm. Coloque-as em uma caixinha fofa (se for empilhar, separe as camadas com um pedaço de papel manteiga) e presenteie!

Fudge de Chocolate e Nozes

English Version

Para abrirmos a série de receitas de Natal, também conhecida como presentes de comer, resolvi fazer uma receita que sempre morri de curiosidade. Quando era criança, alguns livros que lia falavam que não sei quem tinha feito fudge para o Natal e, claro, Honeydukes vendia Fudge Flies! (fim do momento #Potterhead)

Li inúmeras receitas de fudge: umas mais complicadas, que exigiam termômetro e muita paciência, e umas mais simples. Lógico que escolhi a mais simples, a da Patricia Scarpin! Escrevendo este post, descobri que adaptei involuntariamente a receita – li errado na hora de fazer e coloquei só meia xícara de leite condensado em vez de meia lata! 😀

Essa receita é ÓTIMA para dar de presente, porque é diferente, aguenta bem fora da geladeira, é uma delícia e…. é muito fácil de fazer! Bem menos estressante do que tentar entrar em um shopping a essa altura do campeonato!

Para fazer a receita que eu fiz, você vai precisar de:

1/2 xícara de leite condensado

330 g de chocolate meio amargo, picado – como a receita é praticamente só chocolate, escolha um chocolate bom! Aqui encontrei um chocolate belga maravilhoso, 64% cacau, que já vem nessas pastilhas – e sai mais barato do que comprar em barra!

1 colher (sopa) de água

1 colher (chá) de extrato de baunilha – usei mais porque meu extrato caseiro ainda está novo, não está muito forte.

Nozes picadas a gosto – totalmente opcional. Você pode substituir por avelãs, amêndoas, confeitos… ou não usar.

Fudge de Chocolate

Comece forrando uma assadeira de 20 x 20 cm com papel alumínio/papel manteiga, só para facilitar na hora de tirar. Eu costumo deixar umas “alças”, fica ainda mais fácil!

Pique o chocolate em pedaços pequenos – se estiver usando chocolate em pastilhas, nem precisa picar. Em uma panela de fundo grosso, coloque o chocolate, o leite condensado e a água. Cozinhe em fogo baixo, misturando sem parar, até que o chocolate derreta completamente.

Quando o chocolate estiver derretido, você vai notar que o fudge está em uma consistência diferente, mais durinha do que um brigadeiro. É isso mesmo. Misture a baunilha, transfira para a forma e alise a massa.

Despeje as nozes sobre o fudge, pressionando levemente para que “grude” – fiz uma vez sem pressionar e as nozes caíram quando o fudge esfriou #fail. Cubra com plástico-filme e leve à geladeira por umas duas horas, até firmar bem.

Retire da forma com o auxílio das alças e corte em quadradinhos pequenos! Ele dura até uma semana na geladeira, em tese. Aqui, durou mais ou menos umas três horas… 😀

Bolinho de Mandioca, Coco e Queijo

English Version

Bolo de Mandioca, Coco e Queijo

O Tertúlias andou paradinho no último mês, né? A razão é forte: me mudei! Entre procurar apartamento, assinar contrato, tentar arrumar tudo, desistir e pedir ajuda da mamãe e do papai para fazer a mudança e, claro, trabalhar, ficou difícil postar aqui. Mas agora que já estou estabelecida na casa nova, é hora de correr atrás e encarar a pasta “Receitas com foto – só falta escrever”! Para começar, uma receita que fiz lá em Brasília e que vale MUITO a pena! 🙂

Assim que ganhei o livro da Rita Lobo, corri para marcar as receitas que só davam para fazer no Brasil: a salada de feijão fradinho e bacalhau, um nhoque de banana-da-terra (que acabei não fazendo) e este bolinho sensacional.

Ralar a mandioca foi muuuuuito chato. Pior foi a mamãe me contar, quando eu já estava terminando de ralar, que dá pra comprar a mandioca já ralada!!! >.< Fora a ralação (tudum-tss), a receita foi extremamente fácil.

Na hora que saiu do forno, pensamos “ah, vamos dividir um, só pra provar, já comemos muito hoje”. Depois da primeira mordida, tive que esconder dois pra foto, porque todo mundo ATACOU! Ficou MUITO gostoso! 🙂

Você vai precisar de

1 ½ xícara de mandioca sem casca, ralada grossa – sim, compre a mandioca já ralada 😀

2 ovos

¾ xícara de açúcar

¼ xícara de óleo

1 xícara de queijo meia-cura ralado fino – ACHO que usei queijo estepe. Mas qualquer queijo que seja firme, mas não duro como parmesão, serve! 😀 E ralei grosso, porque já estava cansada de ralar mandioca 😛

1 xícara de coco ralado seco

manteiga e maisena para polvilhar e sair dizendo que você fez um bolinho gluten-free, ou seja, saudável, ou seja, você pode comer todos de uma vez só sem estresse.

Bolo de Mandioca, Coco e Queijo

Comece colocando a mandioca ralada em uma tigela e cobrindo com ½ xícara de água. Enquanto ela descansa, unte a forma de cupcake e “enfarinhe” com maisena – vai fazer uma zona, tá? Não se estresse.

Em uma tigela grande, bata com o batedor de arame os ovos, o açúcar e o óleo, até obter um creme liso.

Aperte a mandioca em uma peneira para escorrer bem a água. À mistura de ovos, acrescente o coco, a mandioca e o queijo ralado. (PAUSA para falar que tentei, mas não consegui escrever “mandioca” sem pensar nesse vídeo [não é putaria, pode clicar]).

Coloque a massa nas forminhas, sem ultrapassar a borda e sem apertar a massa nas forminhas. Leve ao forno preaquecido por 30 minutos, mais ou menos, ou até dourar – é tão estranho fazer um bolo que não dá pra fazer o teste do palito!

Deixe esfriar UM POUQUINHO antes de desenformar. Tente se controlar e não comer todos de uma vez só.

Muffins de (Muito) Chocolate

English Version

Muffin de Chocolate e Iogurte

Para encerrarmos a série de muffins, nada melhor do que um muffin de chocolate BEM CHOCOLATOSO – leva cacau E chocolate em barra! Além disso, como a receita leva iogurte, eles ficam bem macios. Na verdade, eles estavam mais gostosos no segundo dia!

A única parte que vai dar trabalho é picar o chocolate! Eu faço com chocolate em barra mesmo, porque aqui não encontro gotas de chocolate decentes (só aquelas porcarias com gordura hidrogenada, ECA!). Se você encontrar gotas de chocolate decentes, seus muffins vão ficar ainda mais bonitos!

Essa receita rende MUITO: consegui 12 muffins normais e mais 15 mini-muffins! Acho que renderia uns 16-18 muffins normais no todo.

Você vai precisar de:

2 xícaras de farinha de trigo

1 xícara de açúcar

3/4 xícaras de gotas de chocolate meio amargo – da próxima vez vou colocar mais!

1/2 xícara de cacau em pó

1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1 colher (chá) de baunilha

1 ovo

1 xícara de iogurte natural

1/2 xícara de leite

1/2 xícara de óleo

1/4 de xícara de gotas de chocolate branco, para decorar

Muffin de Chocolate e Iogurte

A massa é a mais fácil de todas as receitas dessa série, já que nem precisa derreter manteiga! 🙂

Na tigela 1 (menorzinha), misture os secos. Na tigela 2 (maiorzinha, que cabe tudo), misture os molhados. Despeje os ingredientes secos na mistura dos molhados e misture com uma espátula. Como sempre, não é pra bater – massa de muffin é empelotadinha mesmo, é só misturar até não ver farinha e pronto.

Preencha as forminhas, sempre seguindo a regra de encher só até 3/4 da capacidade de cada uma delas. Coloque algumas gotas de chocolate branco por cima e leve para assar por 20 minutos, ou até que eles passem no teste do palito! 🙂

Deixe esfriar em uma gradinha e DEVORE!

Muffins de Mirtilo

English version

Muffins de Mirtilo

Para continuar a série de muffins, resolvi repetir uma receita maravilhosa, mas que nunca tinha tirado foto: os muffins de mirtilo da Technicolor Kitchen!

Como já tinha feito uma receita de muffins com cobertura de donut, resolvi omitir dessa vez. Não senti a menor falta! 🙂 Se você é como meu pai, que não é muito chegado em mirtilos crus, saiba que eles são muito mais gostosos assados!

Para 12 muffins, você vai precisar de

255 g de farinha de trigo

100 g de açúcar

2 colheres (chá) de fermento em pó

1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio

1/2 colher (chá) de sal

3/4 xícara de buttermilk – para fazer em casa, coloque uma colher  (sopa) suco de limão ou vinagre na xícara medidora, preencha até a marca de 3/4 com leite integral e deixe talhar uns 10-15 minutos.

90 g de manteiga, derretida

2 ovos

raspas de um limão siciliano – não omita as raspas, elas fazem toda a diferença!!!

1 colher (chá) de baunilha

1 1/2 xícara de mirtilos – usei congelado, direto do freezer pra massa.

Muffins de Mirtilo

Comece preparando o buttermilk e derretendo a manteiga – se você for mais esperto, já derreta a manteiga em uma panela grande o suficiente para misturar a massa também!

Misture os ingredientes secos em uma tigela, usando um fuê para garantir que tudo fique bem misturadinho e sem pelotinhas.

Quando a manteiga derretida esfriar um pouquinho, misture os ovos, a baunilha e o buttermilk. Despeje a mistura de secos e misture LEVEMENTE com uma espátula de silicone – massa de muffin não deve ser batida, pra não ficar dura – não viu mais pontinhos de farinha, parou de mexer!

Misture os mirtilos rapidinho na massa e despeje nas forminhas – encha só até 3/4 da capacidade, para que os muffins não transbordem no forno!

Asse por uns 25 minutos – ou até dourar/palito sair limpo, sabe como é. Deixe esfriar em uma gradinha – se você tentar comer quente, a massa fica toda grudada na forminha de papel, é um estresse #truestory #aprendinaprática

Para congelar, é só colocar no saquinho ziploc! 🙂 Dizem que dura três meses no freezer, mas só se você esquecer que eles estão lá mesmo, senão vai querer comer BEM ANTES disso! 😀

Brownie de Chocolate e Avelãs

Brownie com Avelãs

Ano passado, Sky foi convidado para uma reuniãozinha de professores da escola. “Ana, preciso levar algo, você pode fazer alguma coisa?”. Claro, aproveitei que teria cobaias e resolvi testar uma receita nova!

Procurando nos meus sites favoritos, encontrei esta receita do Moldando Afeto e decidi fazer. Fez tanto sucesso aqui em casa (e na escola) que resolvi fazer de novo no Natal (foi o brownie da foto!). E no Carnaval. E noutro dia aí, porque deu na telha. 😀

Você vai precisar de

200 g de chocolate meio amargo – eu usei chocolate 70%. Até o pessoal da minha família, que torce o nariz para chocolate amargo (hereges!), achou perfeito com o chocolate 70%

200 g de manteiga

3 ovos

100 g de açúcar

100 g de avelãs picadas grosseiramente

140 g de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

Brownie com Avelãs

Receita de brownie é sempre muito parecida. Eu sempre cubro a forma com papel alumínio (usei uma quadrada de 20 x 20 cm), deixando umas alças para facilitar na hora de desenformar. Unte o papel alumínio, com bastante cuidado pra não rasgar, e reserve.

Derreta o chocolate com a manteiga – você pode usar o micro ondas (30 em 30 segundos, blá blá), pode usar banho maria, ou pode ser sem noção como eu e colocar no fogo mais baixo possível e pronto. 😛 Retire do fogo e reserve.

Em uma outra tigela, bata os ovos com o açúcar até aumentar de volume e ficar um pouco mais claro.

Despeje as avelãs picadas na panelinha do chocolate derretido com manteiga. Junte a mistura de ovos, a farinha e o fermento, misturando até não conseguir mais ver a farinha.

Brownie com Avelãs

Despeje a massa na forma preparada e asse por mais ou menos 20 minutos – estará pronto quando um palito sair com um pedacinho de massa, o que também é quando você toca a superfície do brownie e ela está firme, mas não tão firme quanto a de um bolo… Na receita deste outro brownie dá pra ver o ponto!

Corte em quadradinhos, polvilhe açúcar de confeiteiro para fazer uma firula e sirva. Você também pode congelar o brownie já assado – retire algumas horas antes de servir e pronto!