Salada de Feijão Fradinho e Bacalhau

Salada de Bacalhau e Feijão Fradinho

O Tertúlias virou blog – agora dá pra pesquisar por ingrediente e nome da receita… e temos o tão solicitado (pela minha mãe e minha tia) índice! E você também pode pinar as receitas (né, Anna Raíssa?)! 🙂

Enfim, depois da chutada de balde monumental que foram as festas de fim de ano (e também para fingirmos que estamos firmes e fortes na resolução de ano novo), é hora das comidinhas mais leves…

Ganhei da Lê (a mesma tia do primeiro parágrafo) um presente sensacional: o livro da Rita Lobo, Cozinha Prática. Gente, que livro bacana! As técnicas são explicadas de forma bem detalhada, as fotos são lindas, e as receitas são ótimas. A de hoje, que também está no site do Panelinha, é bem simples, bem facinha, mas espetacular! Comemos como entrada, como prato principal, como lanchinho… 🙂

Você vai precisar de:

1 1/2 xícara (chá) de feijão-fradinho cozido (sem caldo)
250 g de bacalhau dessalgado e desfiado
1 cebola
1 xícara (chá) de tomates cereja, cortados ao meio
2 colheres (sopa) de azeite
suco de 1 limão
1/4 xícara (chá) de salsinha (acho que centro ficaria bom também!)
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

 

Esta saladinha é bem fácil – ela fez com bacalhau congelado, então o método foi diferente. O meu era só salgado mesmo, então deixei de molho por 12 horas, trocando a água umas duas ou três vezes.

Pique a cebola e refogue com uma colher de azeite. Quando a cebola estiver douradinha, junte o bacalhau desfiado e dê uma refogadinha – coisa rápida, só para aquecer mesmo.

Salada de Bacalhau e Feijão Fradinho

Em uma tigela, misture a cebola e o bacalhau com o feijão fradinho e os tomates. Despeje o azeite e o suco de limão. Tempere com sal e pimenta (da próxima vez vou colocar páprica também, mas é porque eu sou viciada em páprica) e a salsinha.

Agora é só misturar! Você pode servir morninha ou levar à geladeira para esfriar. Eu gostei dos dois jeitos! Coloque no pratinho/potinho, regue com um pouquinho mais de azeite e mande bala!

Anúncios

2 Respostas

  1. […] ganhei o livro da Rita Lobo, corri para marcar as receitas que só davam para fazer no Brasil: a salada de feijão fradinho e bacalhau, um nhoque de banana-da-terra (que acabei não fazendo) e este bolinho […]

    Curtir

  2. […] Rita Lobo’s book, I rushed to select the recipes I wouldn’t be able to cook in Uruguay: the cod and black-eyed peas salad, plantain gnocchi (which I ended up not cooking), and these wonderful […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: