Pão Australiano

Pão Australiano

Eu tinha três saudades panificadoras do Brasil: pão de milho, o pãozinho do Roadhouse Grill e o pão australiano do Outback. Ainda não consegui resolver a primeira saudade, a segunda superei com um pãozinho diferente, e a terceira superei LINDAMENTE com esta receita!

Adaptei levemente a receita do blog da Cecília (que conheci lá nos 365 dias de comida honesta). Eu só não coloco o fubá em cima do pão antes de assar, porque fubá NÃO EXISTE aqui 😀

Para dois ou três pães grandes e bonitos, você vai precisar de:

1 pacote de fermento biológico seco
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de mel
250 ml de água morna
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de farinha de centeio
2 colheres (sopa) de cacau em pó
2 colheres (sopa) de manteiga à temperatura ambiente
½ colher (chá) de sal

Comece com o básico de qualquer pão: misture o fermento biológico com os açúcares (no caso: açúcar mascavo e mel) e a água morna. O que é água morna? Água que você aguenta deixar seu dedo lá dentro por uns 10 segundos. 😀
Deixe espumar, o que leva alguns minutinhos.

Como sempre, você pode fazer na batedeira com o batedor em formato de gancho ou no muque. Já fiz dos dois jeitos, dá certo dos dois jeitos, etc.

Quando o fermento tiver espumado, peneire as farinhas e o cacau sobre o liquido e misture. Quando tiver bem misturado, acrescente a manteiga e o sal, arregace as mangas (ou ligue a batedeira) e sove! Na mão, o processo leva uns 10 minutos. Na batedeira, uns 4, talvez?

Coloque a massa em uma tigela, cubra com um pano e deixe descansar até dobrar de volume. Enquanto isso, vá descansar, tomar um banho, botar uma cerveja pra gelar, porque daqui a uma hora e quarenta minutos, você terá um pão delicioso pra petiscar.

Divida a massa em duas ou três partes e modele os pães, colocando-os em um tabuleiro untado e enfarinhado. O certo é polvilhar os pães com fubá neste momento, mas eu nunca fiz isso. Cubra de novo com um pano e deixe descansar até dobrar de volume, o que costuma levar uma hora.

Passados uns 40 minutos, ligue o forno, que precisa estar quente. Leve os pães para assar por uns 30-35 minutos, ou até que você ouça um som oco ao dar soquinhos no fundo.

Exerça todo seu autocontrole e deixe o pão esfriar um pouco antes de fatiar!

Meu avô gostou de comer PURO, sem nada mesmo! Eu costumo comer com hommus, mas na foto servi com uma pastinha vegana de feijão branco que é DIVINA e vai aparecer por aqui logo logo! 😀

Anúncios

Uma resposta

  1. […] patê pode ser servido com qualquer vegetal/pão/etc, mas com o pão australiano a coisa fica meio obscena de tão […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: