Chipá, o legítimo pão de queijo paraguaio

Chipá

Antes de começar, é preciso esclarecer: pão de queijo é outra coisa. #mineirices #disclaimer Mas, se na sua cidade não vende nem polvilho azedo, muito menos queijo canastra….. Faça chipá, que lembra muito pão de queijo, que dá para comer como pão de queijo (entenda-se, recheado com pernil) e alguns hereges até chamam de pão de queijo!

A receita veio do blog da Sheila, e conta com um ingrediente diferente: banha! Aqui no Uruguai a gente encontra banha em literalmente qualquer supermercado e, após o nojinho inicial, achei que valeu a pena! Ficou muito gostoso! Se você não encontrar (ou não quiser procurar, eu super entendo), use óleo. Dá mesma, é tudo gordura! 🙂

Calorias: nada que vá ser sovado tem calorias. #fato

Você vai precisar de
3 xícaras de queijo – usei “semimagro”, que é o que tem aqui, mas você pode usar queijo minas, muçarela… um queijo não muito macio que seja gostoso, derreta bem e seja fácil de ralar.

500 g de polvilho doce
3 ovos
1 colher de sopa de fermento em pó (aquele para bolos)
3 colheres de sopa de óleo vegetal ou banha
Sal, se o seu queijo não for salgado.

½ xícara de leite

Rale o queijo no ralo grosso. Em uma tigeLONA, coloque o queijo, o polvilho, os ovos, o fermento, a banha e o sal. Amasse até incorporar todos os ingredientes. Não se desespere: nesse momento, a massa fica com uma textura farofenta mesmo. E sim, esse pó branco que agora está nos seus cabelos, nos armários e provavelmente na sua alma é polvilho mesmo.

Quando você tiver decidido que não dá mais pra misturar esses ingredientes, é hora de acrescentar o leite AOS POUCOS. É fundamental colocar aos poucos, para que a massa não desande. Coloque um cadinho, sove bem, coloque outro cadinho e vá fazendo isso até obter uma textura mágica de massinha de modelar. Aqui em casa, precisei usar um pouquinho mais do que meia xícara para alcançar o ponto.

Chipá

Sério. Se você colocar o leite devagarzinho, não tem como errar: a massa fica exatamente como massinha de modelar. Nesse momento, faça bolinhas! É muito divertido! #idademental5anos Eu tentei fazer a ferradura, formato clássico das chipás, mas não recomendo. É chato, demora, fica feio quando assado… vai na bolinha mesmo.

Quando todas as bolinhas estiverem prontas, leve ao forno pré-aquecido, lembrando de deixar um espaço bacana entre as chipás, e asse até dourar.

Você pode também congelar a massa para assar depois. Faça as bolinhas, leve ao congelador em uma assadeira (ou prato, tá valendo) até congelar. Quando elas estiverem bem congeladas, retire e coloque-as em um saquinho tipo ziploc. Para assar, é só levar direto ao forno, como aquele produto que parece chipá que vende no supermercado… 😛 😀

Anúncios

Uma resposta

  1. […] bem a cada adição, até obter a textura inconfundível de massinha de modelar. Sim, é como fazer chipá, só que muito mais fácil de […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: