Baguete com Queijo VIP em duas versões

Baguete com Queijo

Essa é uma receita em duas versões, perfeita para receber amigos e petiscar. Ou perfeita pra comer sozinho, ora bolas, a baguete é sua.

Para fazer a receita na versão completa e mega VIP ostentação, você vai precisar de:

1 xícara de água morna
1 colher (sopa) de mel
2 colheres (chá) de fermento biológico seco
1 colher (chá) de sal
3 xícaras de farinha de trigo
Azeite para untar

Para a receita no modo estudante universitário com preguiça, você vai precisar de:

Uma baguete comprada na padoca.

Para ambas, você vai precisar de:

Quantidades cavalares de queijo que derreta bem, tipo prato, muçarela etc

200 g de manteiga
4 dentes de alho GORDOS
Todas as pimentas da sua casa
Páprica doce (porque sim)

Modo de preparo

Parte 1: o pão (se você comprou a baguete, pule. Mas, sério: não compre a baguete. Esse pão é show.)

Coloque o fermento, o mel e a água morna (morna, não vá matar o fermento ferventado, pfv) numa vasilha grande. Espere cinco minutos até o fermento “crescer” e grite it’s alive! (ok, essa parte pode pular). Acrescente o sal e a farinha e sove (ou bata na batedeira com o batedor em formato de gancho). A partir do momento em que a massa estiver bem misturada, deixe batendo por mais uns cinco minutos. Como ela é a massa mais amor do universo, dificilmente você vai precisar acrescentar mais farinha. Depois dos cinco minutos, ela deve estar macia, não pegajosa e soltinha da batedeira e você vai querer se casar com ela. Ainda bem que a gente não julga, seu freak.

Unte a tigela com óleo ou azeite e esfregue levemente a bola de massa, de forma que toda a bola esteja coberta por uma fina camada de óleo. Coloque a massa na tigela, cubra-a com plástico filme e deixe a massa descansar até dobrar de tamanho (o que leva mais ou menos uma hora). Tente não ficar assistindo a massa crescer enquanto isso e vá fazer outra coisa. Quando ela tiver dobrado de volume, divida a massa em duas e, numa superfície enfarinhada, faça duas baguetes (francesas-like, maiores que um pão de sal convencional). Se quer parecer PRO, dê aquela torcidinha bacana na baguete e mate seus amigos de inveja. Cubra novamente com plástico filme e deixe crescer por mais meia hora. A essa altura você já pode deixar o forno pré-aquecendo. Leve o pão pra assar por 20 minutos.

Parte 2: o recheio

Enquanto o pão assa (ou “quando der fome”, para quem for fazer a receita no modo estudante universitário), 1) corte o queijo em fatias derretíveis; 2) faça a manteiga delicious. Para tal, você deve derreter a manteiga em uma panelinha em fogo bem baixo, mexendo sempre para não queimar. Com a manteiga já derretida e fora do fogo, amasse os dentes de alho e misture bem. Faça o mesmo com as pimentas, a páprica e o que mais achar que vale a pena nesse mundo cruel em que vivemos.

Tire as baguetes do forno, pincele-as deseducadamente com a manteiga e volte ao forno por mais 5 minutos, até que sua casa cheire maravilhosamente e o pão esteja lindo e dourado. Tire do forno e deixe esfriar por uns 15 minutos antes de cortá-lo em rodelinhas, sem chegar até o final. Ou “corte o pão”, se você tiver comprado a baguete.

Despeje uma quantidade generosa de manteiga entre as fatias e coloque pelo menos uma fatia de queijo entre cada rodela de pão. Leve ao forno até que o queijo esteja derretido, sirva ainda quente e descubra o sentido de ter vivido até hoje.

Sugerimos repetir a receita toda semana, ou até começar a não conseguir mais abotoar as calças. Compre calças de elástico e continue o processo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: